sicnot

Perfil

Economia

França diz que Portugal "não merece" ser penalizado pela UE

O ministro das Finanças francês, Michel Sapin, disse hoje que Portugal não merece sanções da União Europeia devido às derrapagens orçamentais.

© Philippe Wojazer / Reuters

"Portugal fez esforços monstruosos nestes últimos anos. Não merece disciplina excessiva", afirmou Sapin durante uma conferência de imprensa em Paris, antes de partir para reuniões do Ecofin em Bruxelas.

Segundo o ministro das Finanças, a derrapagem orçamental de Portugal deve-se principalmente ao facto do "Estado ter tido a obrigação de salvar um banco", referindo-se ao Banif, que foi intervencionado em dezembro.

Portugal registou um défice público de 4,4% do produto Interno Bruto (PIB) no ano passado e o objetivo era ficar abaixo de 3%. Em 2016 Portugal deverá de novo respeitar o limite do défice público abaixo de 3%.

A Comissão Europeia abriu a via na quinta-feira um procedimento de sanções inéditas por derrapagem orçamental contra Portugal e Espanha.

Contudo, o executivo europeu deixou para os ministros das Finanças da UE a tomada de decisão de uma sanção, na terça-feira.

Em relação a Espanha, Sapin reconheceu que a situação era difícil, tendo em conta o contexto político do país, que não tem uma maioria clara desde as duas últimas eleições. "A dificuldade é saber com quem devemos debater e quem assume os compromissos", sublinhou o ministro francês.

Em 2015, o défice público espanhol atingiu 5,0% do PIB, bem acima do limite fixado pelo pacto de estabilidade (3% do PIB) e do objetivo de 4,2% que lhe foi fixado pela Comissão Europeia.

Com Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07