sicnot

Perfil

Economia

Portugal entre os 10 países europeus onde é mais barato comprar casa

Portugal é um dos 10 países da Europa onde é mais barato comprar casa, com o preço médio da habitação nos 1.963 euros por metro quadrado em 2015, de acordo com um estudo da APEMIP.

© Rafael Marchante / Reuters

Segundo um estudo da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), baseado no portal imobiliário internacional Property Guide, em 2015, a posição de Portugal subiu cinco pontos no 'ranking' desde 2013, quando o preço médio da habitação era de 1.741 euros por metro quadrado.

Segundo este estudo, os preços mais elevados são os praticados no Mónaco (44.522 euros por metro quadrado), no Reino Unido (25.575 euros), em França (13.639 euros), na Rússia (11.866 euros) e na Áustria (10.807 euros).

Por oposição, os países cuja habitação tem um preço por metro quadrado mais baixo são a Moldávia (965 euros), a Macedónia (1.134 euros), a Bulgária (1.222 euros), Montenegro (1.400 euros) e a Hungria (1.528 euros).

Este estudo baseia-se no preço por metro quadrado de imóveis com cerca de 120 metros quadrados, localizados nos centros das principais cidades europeias.

O presidente da APEMIP, Luís Lima, afirmou, em comunicado, que a valorização em Portugal face a 2013 "reflete o potencial e a credibilidade do mercado imobiliário português".

Para Luís Lima, "é natural que o preço médio seja inferior" em Portugal, "uma vez que se adequa ao nível de vida e poder de compra dos cidadãos portugueses".

"No entanto, sabemos que a estabilidade do nosso imobiliário e o seu potencial de valorização, aliado ao preço por metro quadrado, continua a ser muito atrativo para captar o investimento estrangeiro", acrescentou ainda o presidente da APEMIP.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.