sicnot

Perfil

Economia

BE diz que Governo não pode capitular perante chantagem europeia

BE diz que Governo não pode capitular perante chantagem europeia

Catarina Martins diz que o Governo não pode capitular perante a chantagem europeia. A líder do bloco de esquerda diz que qualquer sanção, mesmo que simbólico, tem efeitos negativos para o país.

  • Vêm aí as sanções. E agora?
    3:02

    Economia

    Os ministros das Finanças europeus deram luz verde para que a Comissão avance com uma proposta de sanção a Portugal e a Espanha. Bruxelas admite reduzir ou mesmo anular o valor da multa, mas avisa que a decisão depende dos argumentos e dos compromissos dos Governos. Só a correcção do défice em 2016 evitará o congelamento de parte dos fundos comunitários em 2017. Mário Centeno diz que não vai passar ao Plano B.

  • Governo tem dez dias para apresentar defesa relativamente às sanções
    2:10

    Economia

    Enquanto a esquerda continua a condenar a aplicação de sanções, a ex-ministra das Finanças acusa o Governo de não defender o legado orçamental que deixou apenas por razões políticas. Para o primeiro-ministro, as declarações de Maria Luís Albuquerque "são mais injustas do que qualquer sanção" . O Governo tem dez dias para apresentar defesa relativamente às sanções

  • Marcelo espera "uma sanção zero"
    0:59

    Economia

    O Presidente da República diz que não ficaria surpreendido se a Comissao Europeia aplicasse a Portugal a chamada "sanção zero". Confrontado com a decisão do Governo espanhol de avançar com medidas adicionais para evitar sanções, Marcelo Rebelo de Sousa sublinha que, no caso português, Bruxelas não levantou quaisquer dúvidas sobre a execução orçamental deste ano.

  • PCP diz que sanções são chantagem para o Governo e povo português
    0:49

    Economia

    Sobre as sanções, o PCP diz que são uma chantagem inaceitável para o Governo e para o povo português. Já o Bloco de Esquerda defende que Portugal tem de deixar de ser a cobaia da Comissão europeia. Quando ao CDS, o partido considera que o Governo acordou tarde para a questão das sanções e não conseguiu convencer os parceiros europeus.

  • Tribunal de Contas apresentou reservas em relação ao SIRESP em 2006

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O Tribunal de Contas avisou em 2006 que o Estado poderia sair prejudicado nos moldes em que o Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) estava a ser desenhado. De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, terão sido a ausência de um concurso público, a falta de tempo para a apresentação de propostas e mexidas no caderno de encargos a motivar as reservas do tribunal.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • Bispo do Mali terá contas na Suíça com 12 M€
    1:49

    Mundo

    Há uma polémica a envolver um novo cardeal da Igreja católica. Um bispo do Mali, escolhido pelo Papa para o colégio cardinalício, está a ser relacionado com contas na Suíça onde estarão depositados milhões de euros. A cerimónia que o fará cardeal está marcada para hoje.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.