sicnot

Perfil

Economia

Crédito especializado aumentou 36,3% em maio

As associadas da Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC) concederam, em maio, 676 milhões de euros de crédito, mais 36,3% em termos homólogos, afirmando que o financiamento aos comerciantes continua a dinamizar a concessão de crédito especializado.

(SIC/Arquivo)

A ASFAC afirma que o crédito stock "continua a ser o grande dinamizador do financiamento especializado", ao subir 42,6% para 346 milhões de euros, representando já 51,2% do total dos créditos concedidos.

O crédito clássico concedido a particulares, que representa 94% do total, cresceu 35,7% face ao mesmo período do ano passado, situando-se nos 182 milhões de euros, enquanto que o crédito revolving (existência de planos flexíveis de amortização da dívida, bem como pela existência de um plafond de crédito) avançou 22,1% face a maio de 2015, alcançado os 137 milhões de euros e representando 20% do total do financiamento.

A associação refere que o crédito concedido para compra automóvel subiu 40% e o crédito pessoal 36%, sendo que o financiamento para aquisição de meios de transporte corresponde a 71% do total do crédito clássico concedido, seguindo-se o crédito pessoal, com 21%.

As viaturas ligeiras de passageiros usadas representaram 65% dos meios de transporte financiados e registaram um crescimento de 36,1% face ao período homólogo.

Seguem-se as viaturas ligeiras de passageiros novas, que representam 28% dos meios de transporte financiados, apresentando uma subida de 44% face ao mesmo mês de 2015.

"No total, 92% dos meios de transporte financiados em maio deste ano foram a particulares, revelando uma subida de 38% face ao mesmo mês de 2015", segundo o comunicado.

Ao longo do mês de maio, celebraram-se 30.574 contratos de crédito clássico, 98% dos quais com particulares, e, em média, o valor atribuído por cada contrato, durante o mês, foi de 6.321 euros, o que equivale a um aumento de, aproximadamente, 16%.

Com Lusa

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Homem suspeito de matar a mulher em Esmoriz

    País

    Um homem é suspeito de ter esfaqueado este sábado mortalmente a mulher em Esmoriz, concelho de Ovar, num contexto de violência doméstica, disse à agência Lusa fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.