sicnot

Perfil

Economia

Investir em Portugal é mais arriscado que o Brasil

​O risco de investir em Portugal ultrapassou hoje o Brasil, de acordo com o custo dos seguros de crédito realizados pelos investidores para garantirem o pagamento dos investimentos, noticia a agência de informação financeira Bloomberg.

"Os títulos de dívida do Brasil são menos arriscados que os da sua antiga colónia pela primeira vez em ano e meio, mostram os dados das transações", escreve a agência Bloomberg numa notícia publicada esta manhã, referindo-se aos títulos de dívida com um prazo de cinco anos de maturidade.

Os investidores "estão a apostar que o Presidente Michel Temer vai conseguir tirar o país sul-americano da sua pior recessão num século, enquanto a perspetiva de Portugal piorou face aos receios de que o crescimento europeu vá abrandar", acrescenta a notícia.

Os seguros que os investidores contratam para garantir o pagamento dos empréstimos (Credit Default Swaps - CDS) feitos a Portugal têm estado a subir desde o princípio deste ano, tendo atingido os 293,6 pontos base esta manhã, ao passo que os CDS do Brasil têm estado numa trajetória descendente desde o final de fevereiro.

"O Governo interino brasileiro parece estar a ir por bom caminho", comentou à Bloomberg o economista-chefe da casa de corretagem Modalmais, no Rio de Janeiro.

Com Lusa

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27