sicnot

Perfil

Economia

Investir em Portugal é mais arriscado que o Brasil

​O risco de investir em Portugal ultrapassou hoje o Brasil, de acordo com o custo dos seguros de crédito realizados pelos investidores para garantirem o pagamento dos investimentos, noticia a agência de informação financeira Bloomberg.

"Os títulos de dívida do Brasil são menos arriscados que os da sua antiga colónia pela primeira vez em ano e meio, mostram os dados das transações", escreve a agência Bloomberg numa notícia publicada esta manhã, referindo-se aos títulos de dívida com um prazo de cinco anos de maturidade.

Os investidores "estão a apostar que o Presidente Michel Temer vai conseguir tirar o país sul-americano da sua pior recessão num século, enquanto a perspetiva de Portugal piorou face aos receios de que o crescimento europeu vá abrandar", acrescenta a notícia.

Os seguros que os investidores contratam para garantir o pagamento dos empréstimos (Credit Default Swaps - CDS) feitos a Portugal têm estado a subir desde o princípio deste ano, tendo atingido os 293,6 pontos base esta manhã, ao passo que os CDS do Brasil têm estado numa trajetória descendente desde o final de fevereiro.

"O Governo interino brasileiro parece estar a ir por bom caminho", comentou à Bloomberg o economista-chefe da casa de corretagem Modalmais, no Rio de Janeiro.

Com Lusa

  • Conselho Europeu elege sedes de agências em novembro

    Mundo

    Os líderes da UE adotaram os critérios para a escolha das cidades que acolherão as sedes das agências europeias atualmente em Londres, uma das quais a do Medicamento, que Portugal quer receber, agendando a eleição para novembro.

  • Morreu Miguel Beleza, antigo ministro das Finanças e governador do BdP
    1:34
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.