sicnot

Perfil

Economia

Buzinão na Ponte 25 de abril quinta-feira contra portagens em agosto

​A Comissão de Utentes de Transportes da Margem Sul promove na quinta-feira um buzinão na Ponte 25 de Abril para exigir a reposição de isenção de portagens no mês de agosto.

© Rafael Marchante / Reuters

"Aqueles que residem, trabalham e estudam na margem sul do Tejo são os únicos portugueses que têm de pagar portagens nas pontes sobre os rios em Portugal", refere, em comunicado, a Comissão de Utentes de Transportes da Margem Sul.

Para aquela comissão, a situação representa uma "discriminação inaceitável", recordando que tem ao longo dos anos exigido a abolição de portagens e que os vários governos "nada fizeram".

A Comissão de Utentes de Transportes da Margem Sul apela a todos os utentes daquela ponte para a partir das 8 horas de quinta-feira "façam chegar ao Governo, através da buzina do seu automóvel, a exigência pela reposição da isenção de portagens no mês de agosto".

No comunicado, a Comissão de Utentes de Transportes da Margem Sul lembra que durante vários anos houve isenção de pagamento de portagens naquela ponte durante o mês de agosto, que o anterior Governo de Pedro Passos Coelho decidiu acabar.

"Denunciamos prontamente este roubo e os utentes da Ponte 25 de Abril apoiaram um dos maiores protestos feitos contra as portagens na forma de buzinão", salienta a comissão.

Com Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.