sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas multa em 2,93 mil M€ construtores de camiões por práticas de cartel

A Comissão Europeia aplicou hoje uma multa de quase 2,93 mil milhões de euros a cinco dos principais construtores de camiões por 14 anos de práticas de cartelização de preços.

© Maxim Shemetov / Reuters

A multa atinge as alemãs MAN (subsidiária da Volkswagen) e Daimler, a sueco-francesa Volvo/Renault, a holandesa DAF e a italiana Iveco, que, segundo Bruxelas, "violaram as regras de concorrência da União Europeia".

Em conferência de imprensa, a comissária europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager, sublinhou ser inaceitável que as empresas visadas, que produzem quase nove em cada dez veículos de peso médio e pesado na Europa, "tenham pactuado para se livrarem da concorrência".

"Durante 14 anos, estas sociedades negociaram preços e as repercussões dos custos de conformidade com as normas ambientais sobre os clientes", sublinhou a comissária.

A MAN ficou isenta de uma multa de cerca de 1,2 mil milhões de euros por ter colaborado com a investigação de Bruxelas, cabendo à Daimler a maior fatia dos 2,93 mil milhões euros de multa: 1,008 mil milhões.

A DAF foi multada em 752 milhões, a Volvo/Renault em 670 milhões e a Iveco em 495 milhões de euros.


Lusa