sicnot

Perfil

Economia

Hollande defende que é injusto aplicar sanções a Portugal

O Presidente francês defendeu hoje que a União Europeia será injusta se aplicar sanções a Portugal, lembrando que o povo português já fez "enormes esforços e sacrifícios".

François Hollande, numa breve declaração aos jornalistas no final de uma reunião de trabalho com o primeiro ministro português, António Costa, salientou que as sanções serão demais e que Portugal "já deu muito à Europa".

"Precisamos de regras comuns mas também precisamos de flexibilidade e Portugal já desenvolveu enormes esforços e sacrifícios", disse Hollande.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.