sicnot

Perfil

Economia

Operação da BP não será afetada em Portugal nem em nenhum outro mercado

​A saída do Reino Unido da União Europeia (UE) não afetará a operação da BP em Portugal nem em nenhum outro mercado onde opera "dentro ou fora da UE", garantiu hoje o vice presidente da BP Europa, Peter Mather.

© Sergei Karpukhin / Reuters

À margem da apresentação em Portugal do BP Statistical Review of World Energy 2016, Pether Mather afirmou que "a BP é uma empresa global empenhada nos países em que opera".

"Temos uma relação forte com os países europeus, com os nossos vizinhos. Não faremos quaisquer alterações no nosso negócio na sequência do 'brexit'", declarou aos jornalistas o responsável da BP na Europa, que hoje esteve em Lisboa a debater o relatório que antecipa as tendências do setor energético.

Questionado pelos jornalistas sobre as consequências da vitória da "saída" do Reino Unido da UE no referendo de 23 de junho, o responsável foi perentório: "Não vemos nenhuma razão para ter impacto".

Já antes, na sua intervenção, Peter Mather disse estar "muito satisfeito com a presença em Portugal".

Lusa

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.