sicnot

Perfil

Economia

Conselho de Ministros aprova 28 M€ para ensino profissional entre 2016-2019

(Arquivo)

© Maxim Shemetov / Reuters

O Conselho de Ministros aprovou hoje a realização de despesa com o ensino profissional num valor superior a 28 milhões de euros para o período entre 2016-2019, quase mais dois milhões de euros do que no triénio anterior.

"Foi autorizada a realização de despesa relativa aos apoios decorrentes da celebração de contratos-programa no âmbito do ensino profissional para o ciclo de formação 2016-2019 até ao montante global de 28.119.948 euros", lê-se no comunicado da reunião do Conselho de Ministros.

O valor hoje aprovado representa um aumento das verbas para o ensino profissional de quase dois milhões de euros: para o ciclo de formação 2015-2018 foram aprovados 26.268.390,30 euros.

"Esta aprovação vem permitir reforçar a oferta formativa e valorizar o ensino profissional, de modo a cumprir os compromissos e metas assumidos junto da União Europeia e no Programa Nacional de Reformas de ter 50% dos alunos do ensino secundário a frequentar cursos profissionais em 2020.


Lusa

  • "O euro como o conhecemos é uma construção imperfeita"
    1:26

    Economia

    O primeiro-ministro diz que o euro como o conhecemos é uma construção imperfeita e que sem regras iguais para todos não é possível a reforma da moeda única. As declarações de António Costa foram feitas esta terça-feira, em Lisboa, numa conferência intitulada de "Consolidar o Euro. Promover a Convergência".

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.