sicnot

Perfil

Economia

Remessas de emigrantes caíram 8,3% até maio

twitter.com/BojanowskiW

As remessas dos emigrantes portugueses caíram 8,3% entre janeiro e maio deste ano, para 1.181 milhões de euros, ao passo que as verbas enviadas pelos imigrantes em Portugal subiram 6,5% para 215,5 milhões.

De acordo com os dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal, as verbas enviadas pelos trabalhadores portugueses no estrangeiro diminuíram de 1.288,9 milhões de euros, nos primeiros cinco meses do ano passado, para 1.181,3 milhões de janeiro a maio deste ano.

As remessas dos estrangeiros a trabalhar em Portugal registaram, por outro lado, uma subida de 6,5% nos primeiros cinco meses deste ano, passando de 202,1 milhões de euros de janeiro a maio de 2015 para 215,5 milhões de euros no mesmo período deste ano.

A França lidera a lista dos países de onde os emigrantes portugueses mais enviaram dinheiro para Portugal, com 447,6 milhões enviados de janeiro a maio deste ano, o que representa uma subida de 8,5% face aos 411,6 milhões enviados nos primeiros cinco meses do ano passado.


Lusa

  • Mais de 57 mil pessoas abandonaram Portugal em 2015
    1:04

    País

    O número de emigrantes portugueses aumentou em 2015. Os dados provisórios do Observatório da Emigração revelam que mais de 57 mil pessoas saíram do país no ano passado. O Reino Unido continua a ser o principal destino dos portugueses.

  • Fogo na baixa do Porto provoca quatro feridos, dois em estado grave
    1:38

    New Articles

    Um incêndio em três habitações na baixa do Porto, que deflagrou esta noite, provocou quatro feridos, dois em estado grave. O fogo que foi extinto pelos Bombeiros Sapadores do Porto causou cinco desalojados, dos quais quatro foram acolhidos por familiares e um realojado pela junta de freguesia. Desconhece-se a origem das chamas que destruíram três casas.

  • O primeiro dia de Donald Trump na Casa Branca
    3:05
  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.