sicnot

Perfil

Economia

Acionistas reúnem-se para discutir recuperação judicial da Oi

© Nacho Doce / Reuters

Os acionistas da Oi realizam hoje, no Rio de Janeiro, uma reunião para discutir o processo de recuperação judicial da empresa. Também hoje o Conselho de Administração da operadora realiza um encontro para tratar da convocação de uma assembleia-geral extraordinária.

O Conselho de Administração informou que discutirá uma solicitação apresentada pelo acionista Societé Mondiale Fundo de Investimento em Ações e deve decidir, além da convocação de uma assembleia-geral, se acatará o pedido de destituição dos administradores portugueses da companhia.

O acionista Societé Mondiale Fundo de Investimento em Ações propôs que sejam destituídos, entre titulares e suplentes, Rafael Mora, Nuno Vasconcellos, João Vicente Ribeiro, João Castro, Pedro Guterres, Luís Palha da Silva, Maria do Rosário Pinto Correia, André Navarro e Pedro Morais Leitão, todos da empresa portuguesa Pharol, que detém 27,5% da Oi.

A reunião foi confirmada pela operadora brasileira num comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão regulador do mercado no Brasil, na passada quarta-feira.

No documento, a Oi refere que o seu Conselho de Administração vai "apreciar o requerimento de convocação de assembleia-geral extraordinária" apresentado pela Societé Mondiale Fundo de Investimento em Ações.

A Oi entrou com um pedido de recuperação judicial no passado dia 20 de junho, alegando não ter conseguido negociar a sua dívida de 65,4 mil milhões de reais (cerca de 18 mil milhões de euros).

Na altura, a empresa informou que pediu a recuperação judicial para preservar a continuidade do negócio e da oferta de serviços aos clientes, dentro das regras da Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel), órgão regulador do setor de telecomunicações no Brasil.

No passado dia 29 de junho, a Justiça do Rio de Janeiro aprovou o pedido de recuperação judicial da companhia dando um prazo de 180 dias para que elabore um plano de recuperação e faça a discussão das propostas junto dos seus credores.

Lusa

  • Casal detido por torturar os 13 filhos em casa nos EUA

    Mundo

    Treze irmãos e irmãs foram encontrados presos em casa, alguns acorrentados, esfomeados e sujos, numa pequena localidade no estado norte-americano da Califórnia, e os pais foram detidos por tortura, anunciou a polícia norte-americana.

  • Morreu a cantora Madalena Iglésias

    Cultura

    A cantora Madalena Iglésias, que venceu o Festival da Canção em 1966 com a música "Ele e Ela", morreu hoje aos 78 anos numa clínica em Barcelona, Espanha. O velório realiza-se hoje, a partir das 18:00 locais (17:00 em Portugal), na sala 18 do Tanatório de Collserola, em Barcelona.

  • U2 regressam a Portugal em setembro

    Cultura

    16 de setembro, Altice Arena em Lisboa. A nova digressão da banda irlandesa U2 tem passagem garantida por Portugal. Os bilhetes são postos à venda ainda em janeiro, com condições especiais para membros do clube de fãs e os primeiros que compraram o mais recente álbum do grupo.

    Ricardo Rosa

  • "O grupo parlamentar do PSD vai ser um instrumento de força para ajudar Rui Rio"
    16:00