sicnot

Perfil

Economia

Assembleia-geral do BPI suspensa por 45 dias

© Rafael Marchante / Reuters

A assembleia-geral do BPI sobre a desblindagem de estatutos foi hoje suspensa por 45 dias, tendo a reunião acabado ainda antes das 13:00, depois de uma proposta do espanhol CaixaBank nesse sentido ter sido aprovada pelos acionistas.

A informação foi avançada por pequenos acionistas presentes na sequência da reunião magna, que disseram que o representante do acionista Violas Ferreira Finantial (família Violas) entregou uma providência cautelar.

O banco espanhol CaixaBank, maior acionista do BPI, terá feito então uma proposta para suspender a reunião magna por 45 dias, o que foi aprovado por cerca de 85% dos acionistas presentes na reunião.

Em conferência de imprensa na sequência da suspensão da assembleia-geral, o presidente do Conselho de Administração do BPI, Artur Santos Silva, lembrou que havia duas propostas na ordem de trabalhos que visavam a desblindagem dos estatutos do banco (uma do acionista Violas Ferreira e outra do Conselho de Administração), tendo sido proposto pelo presidente da mesa da assembleia-geral que a proposta do Conselho de Administração fosse votada primeiro, seguindo já a aplicação da lei que permite remover os limites de voto acima de 20%.

"Nesta matéria, só uma assembleia convocada pelo Conselho de Administração pode fazer funcionar o problema da desblindagem: a avaliação da manutenção ou extinção da blindagem nos estatutos desde que a convocatória seja do conselho de administração", referiu Artur Santos Silva.

Chegado o momento de votação da proposta do Conselho de Administração, "o representante do acionista Violas Ferreira disse que tinha sido decretada na quinta-feira uma providência cautelar que impedia a assembleia de votar a proposta do Conselho de Administração", momento em que a reunião foi interrompida para que a mesa pudesse tomar "conhecimento da justificação dessa providência cautelar".

Assim, de acordo com Santos Silva, a providência cautelar foi aceite pelo juiz porque o projeto de ata divulgado aquando da deliberação da realização da assembleia-geral ainda não estava aprovado, o que só acontecerá na próxima reunião do Conselho de Administração, na terça-feira.

Lusa

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".