sicnot

Perfil

Economia

Última empresa que ainda faz gravadores VHS anuncia fim da produção

O fabricante japonês de eletrónica Funai decidiu parar a produção de aparelhos e cassetes de vídeo VHS, deixando de ser a única empresa do mundo que fabricava estes dispositivos, segundo adiantou hoje o diário nipónico Nikkei.

A Funai Electronics comercializava aparelhos gravadores e reprodutores de videocassetes desde 1983, com a sua própria marca, mas também para outras empresas como a Sharp, Toshiba, Denon ou Sanyo.

Esta empresa era a única no mundo que continuava a fabricar estes aparelhos para um formato audiovisual considerado obsoleto, depois da generalização dos discos óticos e de outros sistemas digitais.

Outros gigantes nipónicos do setor, como a Panasonic, já tinham deixado de fabricar este aparelho há anos.

A Funai vai cancelar a produção de aparelhos VHS no final deste mês devido à falta de componentes materiais necessários à comecrialização, apesar de no Japão existir ainda alguma oferta.

A empresa, com sede em Osaka (oeste do país), chegou a vender cerca de 15 milhões de vídeo gravadores anuais durante a época de maior popularidade do formato VHS - entre meados dos anos 1980 e 1990 -, mas em 2015 a comercialização caiu para 750 mil.

A decisão da Funai vai causar a extinção comercial do VHS e chega depois de, em novembro do ano passado, o grupo Sony ter deixado de comercializar os vídeos Betamax, outro estandarte do vídeo analógico.

O formato VHS (sigla em inglês de Vídeo Home System) foi lançado em 1976 pela também empresa nipónica JVC, tornando-se no principal formato vídeo para uso doméstico e rivalizando com a Betamax durante quase duas décadas.

Lusa

  • PS e BE não propõem alívio da dívida à UE
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à União europeia e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta dos partidos para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido qualquer perdão de dívida, ao contrário do que os partidos mais à esquerda chegaram a defender.

  • Antigos ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo MP
    1:54

    Operação Marquês

    Quatro antigos ministros de Governos de José Sócrates foram ouvidos recentemente pelo Ministério Público (MP), no âmbito da Operação Marquês. Mário Lino, António Mendonça, Teixeira dos Santos e Luís Campos e Cunha foram ouvidos como testemunhas. Os investigadores chamaram os antigos governantes para esclarecer decisões relacionadas com a PT.

    Notícia SIC

  • Suspeito de atropelamento mortal diz que foi mero acidente 
    2:00
  • Confrontos na primeira greve geral no Brasil em 21 anos
    1:34
  • "Está na altura de pressionarmos a Coreia do Norte"
    0:45

    Mundo

    O secretário de estado norte-americano, Rex Tillerson, afirmou esta sexta-feira na ONU que a ameaça da Coreia do Norte é real e pediu que o conselho de segurança da ONU tome medidas antes que seja o regime de pyongyang a fazê-lo.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre após a cirurgia

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.