sicnot

Perfil

Economia

Alemanha reivindica acordo global para tributar transações financeiras

Wolfgang Schäuble

© POOL New / Reuters

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, reivindicou hoje aos seus homólogos e governadores dos bancos centrais do G20 um acordo de caráter global para tributar as transações financeiras.

Wolfgang Schäuble defendeu a necessidade de tributar as transações financeiras durante um debate sobre política fiscal que decorreu antes da reunião dos ministros das Finanças e dos responsáveis pelos bancos centrais das 20 maiores economias do mundo, que se realiza hoje na cidade chinesa de Chengdu.

"Há sempre o problema, como acontece na União Europeia, de tributar todos os intercâmbios de bens e serviços, com exceção das finanças", disse o ministro das finanças alemão.

Segundo Schäuble, há já algum tempo que se procura um acordo internacional nesta matéria, mas os esforços serão em vão caso não se consiga um pacto de âmbito global.

"Não é possível solucionar este problema se não existir um acordo global", disse o ministro, considerando "muito útil" para alcançar o crescimento económico o pagamento de impostos através de intercâmbios financeiros.

Schäuble lembrou a dificuldade em encontrar equilíbrios sobre como avaliar as empresas, pessoas e consumo de forma a permitir o crescimento económico e assegurar, ao mesmo tempo, a igualdade e justiça social.

"Quantos mais acordos globais se conseguir alcançar, mais equilíbrios se encontram", afirmou.

A Alemanha e a China vão organizar em conjunto, em finais de novembro em Berlim, uma conferência sobre política fiscal.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.