sicnot

Perfil

Economia

Marques Mendes diz que recapitalização da CGD vai ficar abaixo dos 3 mil M€

Marques Mendes diz que recapitalização da CGD vai ficar abaixo dos 3 mil M€

Marques Mendes acredita que o plano de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos ficará abaixo dos 3 mil milhões de euros. O comentador da SIC adiantou ainda que a lista dos novos administradores já chegou ao Banco Central Europeu e fez duras críticas ao Governo pela forma como tem gerido o dossiê da banca. No habitual espaço de comentário, Marques Mendes disse ainda que António Costa "adoraria" ter eleições antecipadas.

  • António Costa adoraria ter eleições antecipadas para poder fazer maioria de esquerda
    26:16

    Luís Marques Mendes

    Luís Marques Mendes acredita que António Costa e Catarina Martins "adorariam" ter eleições antecipadas para poderem refazer a maioria de esquerda, com o Bloco no Governo e sem o PCP. O comentador diz que o chumbo comunista ao Orçamento do Estado do próximo ano seria o pretexto ideal para a ruptura. Não acredita, no entanto, que o PCP caia na armadilha e que haja de facto eleições antecipadas. Marques Mendes adianta que o plano de recapitalização da Caixa Geral de Depósitos já está abaixo dos 3 mil milhões de euros. O comentador da SIC revela ainda que a lista de novos administradores já chegou ao Banco Central Europeu, no final da semana passada. No habitual comentário dos domingos, Marques Mendes deixou duras críticas à forma desastrosa como o Governo e a oposição têm gerido o dossiê da banca e pediu a intervenção do Presidente da República, para que chame os partidos à razão, já nas reuniões de amanhã em Belém. António Guterres, Correia de Campos e as homenagens a Cavaco Silva e Mário Soares também foram temas do habitual espaço de comentário de Luís Marques Mendes.

  • A carta e os avisos do BCE sobre a Caixa
    2:55

    Caso CGD

    O Banco Central Europeu quer um plano alternativo à recapitalização pública da Caixa Geral de Depósitos. A exigência é feita numa carta revelada pelo comentador da SIC, Luís Marques Mendes. No mesmo documento são levantadas várias dúvidas sobre a nova administração do banco, desde a dimensão da equipa a eventuais conflitos de interesses.

  • "A Caixa está a degradar a sua imagem porque há meses que ninguém lá manda"
    27:49

    Luís Marques Mendes

    Luís Marques Mendes comenta a atualidade nacional. O comentador diz que a Caixa Geral de Depósitos está a "degradar a sua imagem porque há meses que ninguém lá manda". Para Luís Marques Mendes é estranho que os nomes de quem poderá vir a ocupar a administralção do banco público sejam avançados pela comunicação social antes de chegarem ao Banco Central Europeu. Sobre as sanções que a Comissão Europeia decidiu aplicar a Portugal, Marques Mendes diz que não é justo penalizar o país por duas décimas. O comentador falou ainda sobre a conquista dos títulos europeus de futebol e de hóquei em patins. Na sua opinião estas vitórias são muito importantes "no ponto de vista da visibilidade de Portugal no exterior".

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC