sicnot

Perfil

Economia

Chegou ao fim o braço de ferro entre a MEO e a NOS

No acordo conhecido esta terça-feira, os assinantes da MEO mantêm o acesso à Benfica TV, que este ano vai continuar a emitir os jogos do Benfica em casa na Liga Portuguesa e os assinantes da NOS devem voltar a ter, dentro de dias, acesso às emissões do Porto Canal.

A partilha de conteúdos desportivos é ainda alargada à Cabovisão e à Vodafone, embora algumas transmissões e acessos só venham a concretizar-se daqui a um ano ou dois.

O entendimento entre a NOS e MEO foi comunicado esta tarde à Comissão de Mercados e Valores Mobiliários. Há meses que estas operadoras andavam em guerra, em que levou a MEO a suspender a distribuição do Porto Canal para os clientes NOS. Por sua vez, a NOS ameaçou retirar a Benfica TV do pacote de oferta da MEO.

  • Moção de censura "dá voz à indignação de muitos portugueses"
    1:13

    País

    O CDS entregou, no gabinete do presidente da Assembleia da República, a moção de censura ao Governo. O deputado Nuno Magalhães diz que o documento é a voz de todos os portugueses que ficaram indignados com a falência dos serviços do Estado nos incêndios e acrescenta ainda que cabe agora aos partidos da esquerda avaliarem se houve falhas e se foram graves o suficiente para censurarem o Governo.

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.