sicnot

Perfil

Economia

"As sanções morreram ontem"

O ministro dos Negócios Estrangeiros afirmou que "para todos os efeitos práticos, as sanções morreram ontem", quarta-feira, respondendo assim ao desapontamento manifestado por Dijsselbloem.

No final da conferência do Conselho de Ministros, Augusto Santos Silva foi questionado pelos jornalistas sobre o desapontamento manifestado pelo presidente do Eurogrupo relativamente à proposta da Comissão Europeia para não serem aplicadas quaisquer multas a Portugal e a Espanha, no âmbito da violação de metas orçamentais.

O governante respondeu que o executivo olhou para esta posição "com toda a atenção que merecem as declarações produzidas por personalidades europeias, mas com a atenção que essas declarações merecem", recordando que "o Eurogrupo nem sequer é um órgão com existência estatutária formal no conjunto da União Europeia".

"Para todos os efeitos práticos as sanções morreram ontem, elas foram canceladas ontem", enfatizou.

Segundo Santos Silva, o Governo liderado por António Costa vai agora "aguardar o processo, uma vez que o "Ecofin tem 10 dias para se pronunciar".

"Pode pronunciar-se tacitamente, por procedimento escrito ou com reunião formal, depende da decisão da presidência. E pode evidentemente reverter a decisão da Comissão, através da chamada maioria qualificada e invertida", elencou.

A Comissão Europeia decidiu quarta-feira recomendar a suspensão da multa a Portugal no quadro do processo de sanções devido ao défice excessivo e apresentará posteriormente uma proposta sobre a suspensão de fundos.

Presidente da República, Governo e partidos congratularam-se com esta decisão vinda de Bruxelas, mas do presidente do Eurogrupo veio uma reação negativa.

"É dececionante que não haja seguimento da conclusão de que Espanha e Portugal não tomaram ações eficazes para consolidar os seus orçamentos", referia na quarta-feira numa declaração divulgada pelo gabinete do ministro holandês das Finanças, Jeroen Dijsselbloem, que deixa claro que, "apesar de todos os esforços realizados, Espanha e Portugal ainda estão em perigo".

Com Lusa

  • "Quando nos unimos em torno de causas justas, vencemos"
    0:55

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que a não existência de sanções é uma vitória de Portugal e de todos os portugueses, de todos os partidos políticos, dos que governam e dos que governavam nos últimos quatro anos. Na mensagem a partir de Belém, o Presidente da República lembrou ainda que a decisão da Comissão Europeia mostra também que quando o país se une, o país consegue.

  • Dijsselbloem "desiludido" com a aplicação de multas zero

    Economia

    O presidente do Eurogrupo lamenta a decisão da Comissão Europeia, de aplicar multas zero a Portugal e Espanha. À SIC, o porta-voz de Jeroen Dijsselbloem revelou que o presidente do Eurogrupo ficou desiludido por não haver consequências para os dois países, depois de se ter concluído que não tomaram as medidas necessárias para corrigirem os défices excessivos.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.