sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas diz que testes de stress confirmam resistência da banca europeia

© Ralph Orlowski / Reuters

A Comissão Europeia considerou hoje que os testes de stress ao setor bancário europeu, publicados pela Autoridade Bancária Europeia (EBA) na sexta-feira, confirmam que as entidades da União Europeia (UE) são cada vez mais resistentes.

O executivo comunitário disse também que "tomou nota" do aumento de capital de 5.000 milhões de euros anunciado pelo italiano Monte dei Paschi di Siena, o único banco europeu com um nível de capital abaixo do exigido.

"Os testes de 'stress' de 2016 publicados pela EBA confirmam sobretudo que os bancos são crescentemente resistentes", disse à Efe um porta-voz da Comissão Europeia que recordou que a instituição dá grande importância a estes testes como uma forma para avaliar a saúde do setor bancário da UE e fortalecer a confiança num sistema financeiro sólido.

A porta-voz recordou que desta vez os testes não incluíram um limite mínimo de capital, tendo-se focado em avaliar a dimensão da erosão de capital que dinâmicas de mercado adversas hipotéticas em diferentes bancos poderiam provocar.

"Este exercício será uma contribuição importante para o processo de supervisão em 2016", acrescentou.

Sobre a situação dos bancos italianos e em concreto o Monte dei Paschi di Siena, a responsável disse que a Comissão "toma nota" do aumento de capital anunciado disse que este processo "está completamente em linha com as regras da UE", considerando, no entanto, que o banco deveria esclarecer se qualquer necessidade de capital adicional será acautelada com fundos conseguidos no mercado ou através do setor privado.

Monte dei Paschi di Siena, o terceiro maior banco de Itália, foi a entidade com pior resultado nos testes de 'stress', tendo um rácio negativo de 2,33%, o que levanta dúvidas sobre a sua solvência, temendo as autoridades que possa contagiar o resto da banca italiana e afetar também o setor bancário.

Dos cinco bancos italianos analisados, que juntos conseguiram uma nota de 7,7%, quatro estão na metade mais baixa do 'ranking' feito pela EBA e um deles, o UniCredit, é o quarto pior posicionado, com um rácio de 7,21%.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.