sicnot

Perfil

Economia

Espanha regista diminuição do número de desempregados em julho

© Jon Nazca / Reuters

O número de desempregados registados em julho nos serviços públicos de emprego espanhóis diminuiu em 83.993 pessoas em relação ao mês anterior, alcançando um total de 3.683.061 pessoas sem trabalho.

O Ministério do Emprego e da Segurança Social de Espanha publicou os dados e sublinhou que se trata da maior descida neste mês desde 1997.

Segundo os mesmos dados, e sem tomar em consideração os empregos ligados à atividade sazonal do verão, o desemprego foi reduzido em 48.573 pessoas.

Nos últimos 12 meses, até julho, o desemprego baixou em 363.215 pessoas, uma diminuição de 9,0%.

O Ministério do Emprego e da Segurança Social também publicou outros dados que dão conta de um aumento de 84.721 pessoas inscritas na Segurança Social espanhola em julho, um aumento de 0,48 % em relação a junho, com um total de 17.844.992 com trabalho.

Sem tomar em consideração a época balnear, as pessoas ocupadas e a descontar para a Segurança Social são mais 41.463, o melhor resultado mensal dos últimos 10 anos, segundo o Ministério.

Em termos homólogos (o mesmo mês de 2015), o conjunto do sistema tinha mais 529.804 inscritos, um aumento de 3,06 %.

Lusa

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.