sicnot

Perfil

Economia

Calor de julho fez disparar venda de ar condicionado e ventoinhas

© Reuters Photographer / Reuter

A venda de aparelhos de climatização, como o ar condicionado e ventoinhas, disparou mais de 100% no último mês de julho, o segundo mais quente desde 1931, de acordo com algumas cadeias de eletrodomésticos contactadas pela Lusa.

Contactada pela agência Lusa, fonte da Worten explicou que a venda de aparelhos de ar condicionado e ventoinhas "mais do que duplicou por comparação a julho de 2015, registando um crescimento de 140%".

Já o Jumbo refere que em virtude do tempo quente que se fez sentir durante o mês passado foi registado um "crescimento significativo de aparelhos de climatização", de 150% em ventilação e ar condicionado.

Os sistemas de ventilação tiveram um crescimento de mais 200% "sendo que a categoria com o maior destaque foram as ventoinhas de pé com mais de 400% de crescimento, enquanto o ar condicionado cresceu mais 60%", adiantou fonte da empresa.

Na categoria do ar condicionado, o fixo liderou o crescimento com mais de 100%, segundo dados de Ricardo Amaral, diretor de equipamento tecnológico do Jumbo.

O mês de julho foi o segundo mais quente desde 1931, com médias de temperaturas máximas e mínimas muito superiores ao normal, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo os dados do Instituto, o valor médio da temperatura do ar em julho foi de 24,33 graus celsius, mais de dois graus em relação ao valor médio no período 1971-2000. Julho de 1989 foi o primeiro mais quente desde 1931 e teve um valor médio de temperatura de 24,63.

A Lusa tentou ainda contatar outras lojas de eletrodomésticos que vendem este tipo de aparelhos, mas não obteve resposta.

Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.