sicnot

Perfil

Economia

PSD rejeita explicações do Governo e quer IMI votado no Parlamento

PSD rejeita explicações do Governo e quer IMI votado no Parlamento

O Governo já respondeu às críticas sobre a nova lei do IMI. O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais garantiu que o objetivo não é aumentar a receita fiscal. Explicações que não satisfazem o PSD que vai pedir a suspensão do novo diploma e quer discutir o assunto no Parlamento.

  • Governo diz que pretende uniformizar cálculo do IMI
    1:26

    Economia

    O Governo já respondeu às críticas sobre a nova lei do IMI. O secretário de estado dos Assuntos Fiscais garantiu que o objetivo não é aumentar a receita fiscal. Fernando Rocha Andrade diz que a medida vem uniformizar a forma de cálculo que já era praticada também para o comércio e serviços.

  • Novos critérios no cálculo do IMI
    1:24

    Economia

    Os novos critérios para o cálculo do IMI levarão a novos valores a pagar: há mais aumentos do que descidas do imposto. A qualidade ambiental, onde entra a poluição e o barulho, e questões relacionadas com a acessibilidade são alguns dos fatores que podem fazer com que pague menos.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.