sicnot

Perfil

Economia

Alemanha com 1 milhão de vagas de postos de trabalho no 2º trimestre

O setor com mais vagas é o do ensino, tanto infantil como primário e secundário, onde foram registadas 45.000 vagas, mais 40% do que no mesmo período do ano passado.

© Hannibal Hanschke / Reuters

A economia alemã registou cerca de um milhão de vagas de postos de trabalho no segundo trimestre, um dos níveis mais altos desde sempre, informou hoje o Instituto para a Investigação do Mercado Laboral e Emprego (IAB).

Segundo os dados do IAB, entre abril e junho 985.000 postos de trabalho não puderam ser ocupados na Alemanha, mais 10% do que no mesmo período de 2015.

O setor com mais vagas é o do ensino, tanto infantil como primário e secundário, onde foram registadas 45.000 vagas, mais 40% do que no mesmo período do ano passado.

Na opinião do especialista do IAB Alexander Kubis, esta crescente procura de profissionais da educação está diretamente ligada à massiva chegada de refugiados ao país no ano passado, já que quase 50% são menores de idade e entraram de imediato no sistema educativo.

Há anos, tanto o Governo alemão como a patronal estão a tentar atrair mão-de-obra qualificada do exterior para cobrir este número crescente de vagas de postos de trabalho, mas com escasso êxito.

Nem com a chegada de jovens do sul da Europa durante o pior da crise da dívida nem com a massiva entrada de pedidos de asilo na Alemanha se conseguiu fechar esta brecha no mercado laboral.

Entre as principais causas apontadas pelos especialistas estão as equivalências e as dificuldades para aprender alemão, a língua de trabalho na imensa maioria das empresas do país.

O número oficial de postos vagos na Alemanha, difundido regularmente pela Agência Federal de Emprego (BA), no segundo trimestre é sensivelmente mais baixo, de 674.000, mas este apenas inclui os lugares que as empresas comunicam às autoridades.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.