sicnot

Perfil

Economia

Alemanha com 1 milhão de vagas de postos de trabalho no 2º trimestre

O setor com mais vagas é o do ensino, tanto infantil como primário e secundário, onde foram registadas 45.000 vagas, mais 40% do que no mesmo período do ano passado.

© Hannibal Hanschke / Reuters

A economia alemã registou cerca de um milhão de vagas de postos de trabalho no segundo trimestre, um dos níveis mais altos desde sempre, informou hoje o Instituto para a Investigação do Mercado Laboral e Emprego (IAB).

Segundo os dados do IAB, entre abril e junho 985.000 postos de trabalho não puderam ser ocupados na Alemanha, mais 10% do que no mesmo período de 2015.

O setor com mais vagas é o do ensino, tanto infantil como primário e secundário, onde foram registadas 45.000 vagas, mais 40% do que no mesmo período do ano passado.

Na opinião do especialista do IAB Alexander Kubis, esta crescente procura de profissionais da educação está diretamente ligada à massiva chegada de refugiados ao país no ano passado, já que quase 50% são menores de idade e entraram de imediato no sistema educativo.

Há anos, tanto o Governo alemão como a patronal estão a tentar atrair mão-de-obra qualificada do exterior para cobrir este número crescente de vagas de postos de trabalho, mas com escasso êxito.

Nem com a chegada de jovens do sul da Europa durante o pior da crise da dívida nem com a massiva entrada de pedidos de asilo na Alemanha se conseguiu fechar esta brecha no mercado laboral.

Entre as principais causas apontadas pelos especialistas estão as equivalências e as dificuldades para aprender alemão, a língua de trabalho na imensa maioria das empresas do país.

O número oficial de postos vagos na Alemanha, difundido regularmente pela Agência Federal de Emprego (BA), no segundo trimestre é sensivelmente mais baixo, de 674.000, mas este apenas inclui os lugares que as empresas comunicam às autoridades.

Lusa

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • Duas opções do círculo mais próximo de António Costa
    1:41
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.