sicnot

Perfil

Economia

Turismo do Algarve espera para 2016 o melhor ano de sempre

Os hotéis do Algarve registaram 7,4 milhões de dormidas nos primeiros seis meses do ano, mais 13,3% face ao mesmo período de 2015, levando o Turismo do Algarve a acreditar que 2016 será o melhor ano de sempre.

Entre janeiro e junho deste ano houve mais 870 mil novas dormidas na região, com o mercado interno a liderar a lista - os portugueses representaram 1,3 milhões de dormidas -, o que significa um aumento de 4% face ao período homólogo.

Segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no primeiro semestre do ano, o crescimento dos hóspedes fixou-se em 10,8% para 8,5 milhões e o das dormidas em 11,2% para cerca de 23 milhões.

Citado em comunicado, o presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), Desidério Silva, refere que "todos os indicadores mostram que 2016 será o ano mais forte do turismo algarvio".

Só em junho, os proveitos totais no Algarve cresceram 19,8% face ao mesmo mês de 2015 e, no conjunto dos primeiros seis meses do ano, o Aeroporto de Faro processou 3,1 milhões de passageiros, um aumento de 18,6% relativamente a mesmo período do ano anterior.

O Reino Unido, a Alemanha, Irlanda, Holanda e França foram os principais mercados emissores e as companhias aéreas de baixo custo Ryanair, Easyjet, Monarch, Transavia e Jet2.com foram aquelas que registaram o maior número de passageiros.

As previsões para o resto do verão, e para o outono, são muito positivas, pois o setor hoteleiro algarvio já apresenta um elevado número de reservas de setembro a novembro, estimou Desidério Silva.

"Registou-se um crescimento importante nos meses que antecipam o verão, uma época normalmente mais difícil em termos de ocupação para o Algarve", explicou aquele responsável, sublinhando que o verão "está a correr muito bem" e que é expectável que os meses de setembro, outubro e novembro registem uma taxa de ocupação mais elevada do que no ano transato.

Segundo aquele responsável, os dados demonstram que está a caminhar-se para um Algarve "de todo o ano", com procura não apenas no verão, uma vez que tem havido um aumento significativo da procura em meses de época baixa.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.