sicnot

Perfil

Economia

Défice das contas externas piora quase 20 vezes e atinge 933 M% no 1º semestre

As contas externas de Portugal atingiram um défice de 933 milhões de euros no primeiro semestre, quase 20 vezes superior ao défice de 49 milhões de euros registado no mesmo período de 2015, divulgou hoje o banco de Portugal.

De acordo com uma nota estatística divulgada hoje pelo Banco de Portugal (BdP), o saldo conjunto das balanças corrente e de capital foi negativo em 933 milhões de euros até junho, o que compara com um saldo, também negativo, mas inferior, de 49 milhões de euros observados no mesmo período de 2015.

As contas externas também pioraram em termos mensais, uma vez que entre janeiro e maio apresentaram um défice de 866 milhões de euros (era de 174,6 milhões nos primeiros cinco meses de 2015).

"Todas as componentes da balança corrente e de capital contribuíram para a deterioração do saldo, com exceção da balança de bens e serviços", que apresentou um excedente de 1.037 milhões de euros, superior aos 794 milhões de euros registados no período homólogo, refere o banco central.

Este excedente não foi suficiente para melhorar o défice da balança corrente em termos homólogos, que acabou por aumentar de 1.115 milhões de euros no primeiro semestre de 2015 para 1.540 milhões de euros nos primeiros seis meses deste ano.

Já que, por sua vez, o défice da balança de rendimento primário totalizou 2.906 milhões de euros (mais quase 500 milhões de euros em relação ao ano passado), devido ao "aumento dos lucros atribuídos a não residentes em consequência do aumento da rendibilidade do investimento direto", aponta o BdP.

Por fim, o excedente da balança de rendimento secundário desceu de 499 milhões de euros para 329 milhões de euros.

Por sua vez, a balança de capital viu o seu excedente diminuir de 1.066 milhões de euros no primeiro semestre de 2015 para 607 milhões nos primeiros seis meses deste ano, uma queda que o BdP explica com "a redução dos fundos financeiros provenientes da União Europeia".

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.