sicnot

Perfil

Economia

Número de desempregados com subsídio caiu 1,2% em julho

O número de desempregados a receber prestações de desemprego diminuiu 1,2% em julho, em relação a junho e 20,6% face a julho de 2015, com um total de 218.190 beneficiários, divulgou esta sexta-feira a Segurança Social.

De acordo com a síntese de informação estatística mensal da Segurança social, no último mês o subsídio de desemprego teve um decréscimo de 0,6%, face a junho, com menos 1.112 subsídios atribuídos, e caiu 17,45% em termos homólogos, com menos 36.355 subsídios.

O subsídio social de desemprego inicial apresentou em julho uma quebra de 13,9%, face a julho de 2015, o que corresponde a menos 1.455 beneficiários desta prestação, e de 3,6% face a junho deste ano, com menos 334 beneficiários.

O Orçamento do Estado para 2016 criou uma medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração que tenham cessado o período de concessão do subsídio social de desemprego, que passou a designar-se de inicial ou subsequente.

O número de desempregados com subsídios social de desemprego subsequente caiu 2,8% em relação a junho, com menos 1.085 beneficiários.

Lusa

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • "Não se pode voltar atrás, o povo de Deus confirmou a necessidade deste Papa"
    3:15
  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.