sicnot

Perfil

Economia

Marcelo não concorda com alteração da lei bancária por causa da CGD

© Rafael Marchante / Reuters

Marcelo Rebelo de Sousa não vê com bons olhos a intenção do Governo de alterar a lei bancária para poder pôr na administração da Caixa Geral de Depósitos os nomes que escolheu.

Marcelo Rebelo de Sousa está de férias e ainda não se pronunciou sobre o assunto. Contudo, a SIC sabe que já na próxima quinta-feira, o Presidente da República vai estar em Viseu, numa visita à feira de São Mateus, onde tenciona falar sobre a situação da Caixa Geral de Depósitos.

A SIC apurou ainda que Marcelo não concorda com a intenção do Governo de permitir que o fisco tenha acesso às contas bancárias de todos os contribuintes.

Esta é uma medida que a Comissão Nacional de Proteção de Dados já considerou inconstitucional. O próprio Governo já admitiu rever essa intenção.

  • BCE aprovou 11 dos 19 nomes propostos pelo Governo para administração da CGD
    2:46

    Caso CGD

    O Banco Central Europeu aprovou apenas onze dos dezanove nomes inicialmente propostos pelo Governo para a administração da Caixa Geral de Depósitos. Para já, oito administradores não executivos ficam pelo caminho. Três dos nomes aprovados vão ter ainda formação. António Domingues foi aceite como presidente, mas só vai poder acumular funções no conselho de administração e na comissão executiva durante os primeiros seis meses.

  • Catarina Martins diz-se arrependida com a "criação da geringonça"
    2:25

    País

    Catarina Martins diz que todos os dias se arrepende da "criação da geringonça". Em entrevista ao jornal Público, a coordenadora do Bloco de Esquerda diz no entanto que vai lutar contra as limitações, enquanto os objetivos traçados forem sendo cumpridos. Já ontem, a líder do Bloco de Esquerda tinha avisado o Governo que o partido está contra qualquer alteração legislativa para servir interesses, na administração da Caixa Geral de Depósitos.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.