sicnot

Perfil

Economia

CGTP diz que redução de desempregados inscritos se deve a emprego sazonal

A CGTP considerou esta segunda-feira que o decréscimo verificado no número de desempregados inscritos nos centros de emprego se deve ao aumento sazonal do emprego no setor do turismo e defendeu a necessidade de serem criados empregos estáveis e duradouros.

"Registamos a redução do número de desempregados inscritos, mas consideramos que isso se deve ao fator sazonalidade. Há sempre mais empregos, relacionados com o turismo, no período de verão, mas isso não responde às necessidades do país, que precisa de mais emprego estável, seguro e duradouro", afirmou o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, à agência Lusa.

Segundo as estatísticas mensais do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), o número de desempregados inscritos nos centros de emprego baixou 6,6% em julho para 497.663, abaixo dos 500.000 pela primeira vez desde julho de 2009.

Em julho de 2009 estavam inscritas nos centros de emprego 496.683 pessoas.

Em relação a junho deste ano, o número total de desempregados registados em julho diminuiu 2,7%, o que corresponde a menos 13.979 pessoas.

A nível regional, o desemprego diminuiu em todas as regiões do país, mas a redução mais elevada verificou-se na região do Algarve (-19,2%).

Lusa

  • Pelo menos seis mortos em descarrilamento nos EUA

    Mundo

    Pelo menos seis pessoas morreram na sequência do descarrilamento de um comboio de passageiros, ocorrido esta segunda-feira perto da cidade norte-americana de Seattle, estado de Washington, referiu um responsável norte-americano citado pela agência noticiosa norte-americana Associated Press.

  • Comissão de trabalhadores da Autoeuropa vai entregar contraproposta
    1:39

    Economia

    A Autoeuropa vai parar entre o Natal e o Ano Novo por falta de peças para a produção. O anúncio foi feito esta segunda-feira, no dia em que foram retomadas as negociações sobre os novos horários de trabalho na fábrica de Palmela. Ainda não está nada decidido, mas a Comissão de Trabalhadores vai preparar uma contraproposta para entregar à administração que, na semana passada, impôs de forma unilateral o trabalho ao sábado.