sicnot

Perfil

Economia

Sitava lamenta "fraco resultado" na negociação salarial na TAP

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) lamentou esta segunda-feira o "fraco resultado" da negociação salarial na TAP, que prevê um aumento de 0,9% para os trabalhadores de terra da companhia, com retroativos a janeiro deste ano.

Em comunicado, o Sitava lamentou "o fraco resultado desta negociação que se deveu menos à intransigência da TAP e bem mais ao trabalho de alguns que não hesitaram em semear o divisionismo, colocando-se assim, objetivamente, do lado da empresa e acabando num ridículo foguetório na comunicação social por tão pífia vitória".

A proposta da TAP prevê um aumento salarial de 0,9%, com retroativos a janeiro deste ano, para os cerca de 3.400 trabalhadores de terra da companhia.

Em declarações à Lusa, o dirigente do Sitava Paulo Duarte explicou que o sindicato não desiste da reposição das anuidades, alertando que não aceita trocar "esse direito por um aumento do subsídio de refeição".

"Mantemos a convicção que a devolução integral das anuidades é um direito que nos assiste e do qual não abdicamos", declarou.

A TAP propôs ainda uma atualização do subsídio de alimentação, dos atuais 4,68 euros para 6,10 euros, para vigorar em 2017.

O pessoal de voo não é abrangido pela atualização salarial, porque já tinha chegado anteriormente a acordo com a empresa, disse fonte da TAP.

Lusa

  • TAP propõe aumento salarial de 0,9%

    Economia

    Os trabalhadores de terra da TAP terão este ano um aumento salarial de 0,9%, se aceitarem a proposta ultimada esta sexta-feira pela empresa, depois de cinco anos de congelamento salarial.

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Letizia, uma rainha da nova geração
    2:01