sicnot

Perfil

Economia

Produtores de leite e carne em marcha lenta para exigirem melhores preços

Os produtores de leite e carne marcaram para hoje uma marcha lenta de tratores entre Ovar e Estarreja, no distrito de Aveiro, para exigirem melhores preços e a reposição do regime de quotas leiteiras.

Organizada pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e pela Associação Portuguesa de Produtores de Leite e Carne (APPLC), esta ação inclui uma concentração junto a três hipermercados em Estarreja.

Desta forma, os agricultores pretendem alertar para "a ditadura comercial que as grandes superfícies exercem", disse à Lusa João Dinis, da Direção da CNA, que acusa os hipermercados de "esmagarem" os preços do leite e da carne.

O dirigente diz mesmo que os produtores de leite "estão a ter prejuízo para continuar a produzir", referindo que este setor está a atravessar uma "grande crise", desde o fim das quotas leiteiras na União Europeia, em 2015.

Por isso, João Dinis defende a retoma do mecanismo público do controlo da produção, vincando que o Governo deve bater-se por "um debate forte" sobre esta matéria ao nível da Comissão Europeia.

Segundo a organização, os tratores vão sair de Válega (Ovar) e de Estarreja, pelas 10:30, estando a primeira concentração conjunta marcada para as 11:30 em frente aos hipermercados, ao lado da EN 109, em Estarreja.

Os manifestantes vão dirigir-se depois para a Câmara de Estarreja, onde esperam ser recebidos pelo presidente da autarquia.

Lusa

  • Nove dos 50 feridos que continuam hospitalizados estão em estado crítico
    3:46

    Ataque em Barcelona

    Os quatro indivíduos implicados nos atentados de Barcelona e Cambrils prestam hoje declarações ao juiz Fernando Andreu, na Audiência Nacional, em Madrid. O enviado especial da SIC, Emanuel Nunes, dá conta do ambiente que se vive em Barcelona esta manhã e faz uma atualização em relação aos feridos no atentado na capital catalã. Cinquenta pessoas continuam hospitalizadas, 9 em estado considerado crítico e 13 em estado grave.

  • Ilibados trabalhadores castigados por consulta de dados fiscais

    País

    Os funcionários da Autoridade Tributária, que tinham sido castigados por terem consultado dados fiscais, foram absolvidos. O jornal Público avançou hoje que as orientações contra as sanções a aplicar aos funcionários partiram do ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rocha Andrade.

  • Novas regras para os pagamentos em dinheiro vivo

    Economia

    Os pagamentos em dinheiro acima de 3.000 euros são proibidos a partir de quarta-feira, mas aos não residentes são permitidos pagamentos até 10 mil euros, ou o equivalente em moeda estrangeira, segundo um diploma hoje publicado.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Repórteres fazem relato impressionante dos acontecimentos em Charlottesville
    3:40