sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas e Lisboa de acordo sobre modelo de recapitalização da CGD

A Comissão Europeia chegou a um acordo de princípio com o Governo português para a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) "em condições de mercado", disse hoje à Lusa um porta-voz do executivo comunitário.

Comissão Europeia chegou a um acordo de princípio com o Governo português para a recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) "em condições de mercado", disse hoje à Lusa um porta-voz do executivo comunitário.

"A Comissária [Margrethe] Vestager chegou esta noite a um acordo de princípio com as autoridades portuguesas sobre o caminho a seguir para permitir uma recapitalização da CGD em condições de mercado", adiantou o porta-voz.

As autoridades portuguesas irão injetar 2,7 mil milhões de euros no capital da CGD, transferir as suas ações ParCaixa para a CGD e converter em capital 900 milhões de euros de instrumentos de capital contingente (as chamadas 'CoCo bonds'), segundo a mesma fonte.

O acordo estipula que a CGD se compromete a angariar mil milhões de euros de capital de dívidas subordinadas.

A solução para o banco inclui uma "profunda racionalização" que permita devolver-lhe, a longo prazo, uma alta rentabilidade através de uma "significativa redução de custos, aumento de eficiência e de medidas que reduzam o risco".

Bruxelas considera que "o plano é apoiado por novas regras de governança corporativa e uma equipa de gestão muito experiente".

Para a Comissão Europeia -- e tendo em conta os compromissos que a nova administração da CGD tem de cumprir e as circunstâncias específicas do banco --, a recapitalização respeita as condições de mercado, "uma vez que o retorno esperado para o Estado é suficientemente alto e está em linha com o que um investidor privado teria aceitado".

O acordo alcançado tem ainda que ser aprovado pelo Colégio de Comissários.

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00

    País

    O episódio de hoje de Vidas Suspensas envolve uma médica dentista norte-americana e um empresário português. Um exemplo do que acontece a muitos portugueses que casam com estrangeiros: quando se divorciam, coloca-se a questão de saber para que país vão os filhos.

    Hoje na SIC

  • "Não era o jogo ideal para estreia do videoárbitro"
    4:50
  • Uma em cada dez crianças já foi vítima de cyberbullying
    10:41
  • "Sou Presidente de uma pátria com os melhores bombeiros do mundo"
    1:20

    País

    O Presidente da Liga dos Bombeiros, Jaime Marta Soares, avisou este domingo o Governo de que os bombeiros admitem usar o machado da paz para fazer a guerra. Marcelo Rebelo de Sousa destacou o orgulho que sente em ser "Presidente de uma pátria que tem os melhores bombeiros do mundo".