sicnot

Perfil

Economia

Juros do crédito à habitação continuaram a descer em julho

A taxa de juro implícita no crédito à habitação desceu de 1,089% em junho para 1,066% em julho, com a prestação média a reduzir-se para os 237 euros, menos um euro do que em junho.

Segundo divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE), nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro implícita fixou-se em 2,044%, inferior em 0,013 pontos percentuais à observada em junho, com um valor médio da prestação de 307 euros (308 euros em junho).

O montante de capital médio em dívida para a totalidade dos contratos de crédito à habitação situou-se em 51.778 euros (mais 20 euros do que em junho), sendo de 85.928 euros nos contratos celebrados nos últimos três meses (85.360 no mês anterior).

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.