sicnot

Perfil

Economia

Clima de negócios cai em agosto na zona euro

© Francois Lenoir / Reuters

O principal indicador que mede o clima de negócios na zona euro registou uma quebra em agosto de 0,36 pontos, para se fixar nos 0,02 pontos, face a julho, divulgou hoje a Comissão Europeia.

Em julho, o indicador tinha aumentado 0,17 pontos face a junho, para os 0,39 pontos.

De acordo com os dados da Direção-Geral dos Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia, para a quebra no indicador contribuíram a forte deterioração nas avaliações dos empresários sobre o histórico de produção e sobre as carteiras de encomendas e de exportações.

A avaliação das expectativas de produção também recuou, mas em menor grau, e a da disponibilidade de produtos para entrega manteve-se.

A Comissão Europeia não divulga dados por Estado-membro relativos ao indicador do clima de negócios.

Lusa

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43

    Mundo

    António Guterres condenou a onda de violência e discriminação contra os rohingya em Myanmar, na abertura da assembleia-geral das Nações Unidas. O secretário-geral da ONU pediu ainda às autoridades do país para acabarem com as operações militares e protegerem a comunidade ameaçada.

  • Furacão Maria deixa rasto de destruição na ilha Dominica
    1:52
  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04
  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31
  • Acha que este padre sabe dançar?
    2:22