sicnot

Perfil

Economia

PCP defende isenção do IMI para imóveis dos partidos, CDS admite rever a lei

PCP defende isenção do IMI para imóveis dos partidos, CDS admite rever a lei

Está instalada a polémica sobre a isenção de IMI nos imóveis dos partidos políticos. O PCP defende que a isenção deve manter-se, já o CDS-PP admite que a situação possa vir a ser revista.

  • Dezenas de paróquias notificadas para pagar IMI
    2:02

    Economia

    A Conferência Episcopal Portuguesa lamenta que a Concordata entre a Santa Sé e o Estado Português não esteja a ser cumprida. Nos últimos dias, dezenas de paróquias receberam uma notificação do Fisco para pagarem IMI. Já o Ministério das Finanças garante que está a cumprir o que foi celebrado na Concordata de 2004.

  • Igrejas chamadas a pagar o IMI
    1:23

    País

    Várias paróquias têm recebido notificações das Finanças para pagamento de IMI. A Igreja Católica lembra que de acordo com a Concordata os edifícios religiosos estão isentos de pagar imposto. Já o Ministério das Finanças diz que as paróquias têm que justificar para que fim são utilizados os edifícios.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.