sicnot

Perfil

Economia

Lagarde pede ao G20 medidas para evitar crescimento fraco

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, pediu esta quinta-feira aos países do G20 para "tomarem medidas enérgicas para evitar a armadilha do crescimento fraco".

"Sem ações políticas contundentes, o crescimento poderá ser dececionante durante muito tempo", alertou Lagarde, numa nota divulgada antes da cimeira do G20 que vai decorrer em Hangzhou, na China, a 4 e 5 de setembro.

Nos países ricos, após a crise financeira tem-se verificado uma fraca procura, uma tendência demográfica desfavorável e uma produtividade frágil.

Nos países emergentes, depois do crescimento forte das últimas décadas, a expansão tem-se revelado mais moderada, penalizada pela queda do preço das matérias-primas.

Segundo um relatório do FMI publicado na mesma ocasião, a transição económica na China pode "enfrentar obstáculos que podem ser contagiosos", quando muito parceiros comerciais contam com a procura chinesa para as suas exportações.

As incertezas sobre as consequências da decisão britânica de sair da União Europeia também "ameaçam as perspetivas económicas, particularmente na Europa, onde as instituições financeiras vão enfrentar desafios", assinala ainda o FMI.

Globalmente nos países mais desenvolvidos, os rendimentos dos 10% mais ricos subiram 40% nos últimos 20 anos, quando os dos mais pobres pouco avançaram.

Para contrariar esta situação, a diretora-geral do FMI considerou que as "políticas orçamentais devem desempenhar um papel", já que as políticas monetárias dos bancos centrais estão a ser solicitadas ao máximo.

Lagarde reafirmou ainda que os países não têm feito reformas estruturais suficientes.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.