sicnot

Perfil

Economia

Lagarde pede ao G20 medidas para evitar crescimento fraco

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, pediu esta quinta-feira aos países do G20 para "tomarem medidas enérgicas para evitar a armadilha do crescimento fraco".

"Sem ações políticas contundentes, o crescimento poderá ser dececionante durante muito tempo", alertou Lagarde, numa nota divulgada antes da cimeira do G20 que vai decorrer em Hangzhou, na China, a 4 e 5 de setembro.

Nos países ricos, após a crise financeira tem-se verificado uma fraca procura, uma tendência demográfica desfavorável e uma produtividade frágil.

Nos países emergentes, depois do crescimento forte das últimas décadas, a expansão tem-se revelado mais moderada, penalizada pela queda do preço das matérias-primas.

Segundo um relatório do FMI publicado na mesma ocasião, a transição económica na China pode "enfrentar obstáculos que podem ser contagiosos", quando muito parceiros comerciais contam com a procura chinesa para as suas exportações.

As incertezas sobre as consequências da decisão britânica de sair da União Europeia também "ameaçam as perspetivas económicas, particularmente na Europa, onde as instituições financeiras vão enfrentar desafios", assinala ainda o FMI.

Globalmente nos países mais desenvolvidos, os rendimentos dos 10% mais ricos subiram 40% nos últimos 20 anos, quando os dos mais pobres pouco avançaram.

Para contrariar esta situação, a diretora-geral do FMI considerou que as "políticas orçamentais devem desempenhar um papel", já que as políticas monetárias dos bancos centrais estão a ser solicitadas ao máximo.

Lagarde reafirmou ainda que os países não têm feito reformas estruturais suficientes.

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Vulcão Etna em erupção
    1:34
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.