sicnot

Perfil

Economia

ASAE fecha nove estabelecimentos de restauração em Lisboa

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) suspendeu a atividade de nove estabelecimentos de restauração na baixa de Lisboa, aprendeu alimentos por deficiente conservação e instaurou um processo-crime.

A operação, hoje anunciada, decorreu na quinta-feira, no âmbito de uma ação de fiscalização a 51 estabelecimentos de restauração e bebidas na zona da baixa e do Príncipe Real, em que foram detetadas situações de falta de higiene, incluindo "presença de pragas".

Os inspetores apreenderam 14,6 litros de óleo de bagaço de azeitona e sete galheteiros danificados nas cápsulas de segurança, o que permitia a indevida reutilização para enchimento com este produto "de qualidade substancialmente inferior ao indicado no rótulo", afirma a ASAE em comunicado.

Foi instaurado um processo-crime por fraude sobre mercadorias e uso ilegal marca de azeite, tendo sido instaurados 27 processos de contraordenação por variadas infrações, como falta de normas de segurança alimentar, de dístico de tabaco e bebidas alcoólicas e de certificação das instalações de gás.

Foram ainda apreendidos em dois locais 33 quilos de géneros alimentícios (carnes e pescado) por "deficiente conservação".

Lusa

  • Bombeiros ficaram de prevenção após intoxicação em Corroios
    1:16

    País

    17 alunos da escola EB 2+3 em Corroios, no Seixal, foram hospitalizados esta segunda-feira com sintomas de intoxicação alimentar. Os alunos, entre os 7 e os 14 anos, foram transportados 12 para o hospital Garcia de Orta, em Almada e cinco para o hospital do Barreiro. O transporte foi feito pelos bombeiros voluntários da Amora e do Seixal mantiveram uma equipa de socorro no local apenas por prevenção.

  • "Nada mais há a dizer" sobre a Caixa
    0:13

    Caso CGD

    O primeiro-ministro voltou esta segunda-feira a dizer que já não há nada para discutir, na polémica sobre a entrega de declarações de património dos gestores da CGD. Foram as declarações de António Costa, na Cidade da Praia, à margem da quarta cimeira bilateral entre Portugal e Cabo Verde.

  • Venda do Novo Banco terá que ser negociada em Bruxelas
    0:43

    Economia

    A venda do Novo Banco vai ter que ser negociada com Bruxelas, uma vez que o Lone Star planeia agora ficar com 65% da instituição, obrigando o Estado a manter uma posição no banco. O ministro das Finanças lembra que esta também era uma possibilidade mas salienta que o assunto está nas mãos do Banco de Portugal.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Modelo obrigada a prometer que não volta a arriscar a vida numa sessão fotográfica
    1:46