sicnot

Perfil

Economia

Setor do calçado é um exemplo para "todos os industriais", diz PM

Setor do calçado é um exemplo para "todos os industriais", diz PM

O primeiro-ministro defende que o setor do calçado deve servir como exemplo para outras áreas na indústria nacional. Declarações de António Costa esta manhã na feira de Milão, em Itália. A indústria portuguesa de calçado regista deste sábado a terça-feira em Milão, "a maior presença de sempre" num evento no exterior, levando 98 empresas responsáveis por 8.000 empregos e 500 milhões de euros de exportações à feira MICAM.

  • Ter sapatos compensados para fazer crescer a economia "seria fantástico"
    1:55

    Economia

    O primeiro-ministro bem gostaria que fazer crescer a economia fosse tão fácil como já é hoje aumentar a altura dos homens, com sapatos compensados, mas como alternativa aponta a aposta na inovação de que o calçado português é exemplo. António Costa está em Milão, na maior feira de calçado do mundo, onde estão representadas 98 empresas portuguesas. O primeiro-ministro visitou e conversou com vários empresários e elogiou a capacidade de renascimento de uma indústria que considera exemplar.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.