sicnot

Perfil

Economia

Assunção Cristas avisa que a Esquerda vai buscar dinheiro à classe média

Assunção Cristas avisa que a Esquerda vai buscar dinheiro à classe média

Assunção Cristas avisa que é ao bolso da classe média que a Esquerda vai buscar dinheiro. A líder do CDS diz que PCP e Bloco meteram as convicções e os protestos na gaveta e acusa o Governo de prejudicar o país para satisfazer as clientelas das esquerdas unidas.

  • Cristas acusa Governo de estar ao serviço dos sindicatos
    1:23

    País

    A presidente do CDS-PP lançou hoje um ataque duro aos partidos de esquerda que apoiam o Governo. Na escola de quadros dos centristas, em Peniche, Assunção Cristas acusou o Executivo de estar ao serviço dos sindicatos, prejudicando os portugueses, sobretudo a classe média.

  • Cristas diz que não está tranquila com a economia portuguesa
    0:24

    Economia

    A líder do CDS-PP diz estar muito preocupada com a situação da economia portuguesa, nomeadamente com a falta de investimento, aumento da dívida pública e pagamentos em atraso. A preocupação de Assunção Cristas foi esta sexta-feira manifestada durante uma visita à Feira Agrícola do Norte, na Póvoa de Varzim.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.