sicnot

Perfil

Economia

Ações do BPI retomam negociação após levantamento da suspensão

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) anunciou hoje o levantamento da suspensão da negociação das ações do BPI por terem cessado os motivos que justificaram esta decisão.

Em comunicado, a CMVM informou que "o Conselho de Administração da Comissão deliberou o levantamento da suspensão da negociação das ações do Banco BPI, por terem cessado os motivos que justificaram a suspensão".

Esta manhã, antes da abertura dos mercados, a CMVM anunciou a suspensão da negociação das ações do BPI até à divulgação de informação relevante sobre o banco, que hoje se reuniu em assembleia-geral, mas que entretanto foi suspensa.

reunião magna do BPI para discutir a desblindagem de estatutos foi hoje suspensa, pela segunda vez, para dia 21, de acordo com acionistas ouvidos pela agência Lusa.

O encontro arrancou cerca das 10:00 (hora de Lisboa) na Fundação de Serralves, no Porto, e terminou ainda antes das 11:00, sendo que daria continuidade à anterior reunião de 22 de julho, que havia já sido suspensa por 45 dias.

Essa suspensão aconteceu após ter sido conhecido que o tribunal aceitou a providência cautelar do acionista Violas Ferreira Financial no sentido de não poder ser votada a proposta de alteração de estatutos apresentada pelo Conselho de Administração do banco.

As ações do BPI fecharam na segunda-feira a cair 3,04% para 1,09 euros.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21