sicnot

Perfil

Economia

Economia da zona euro cresce 1,6% no 2.º trimestre

A economia da zona euro cresceu 1,6% e a da União Europeia (UE) 1,8% no segundo trimestre do ano, em termos homólogos, face ao mesmo trimestre do ano anterior, segundo dados divulgados esta terça-feira pelo Eurostat.

Já na comparação com o primeiro trimestre de 2016, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro aumentou, entre abril e junho, 0,3% na zona euro e 0,4% na UE, a um ritmo mais moderado que no trimestre anterior (0,6 e 0,5% respetivamente).

No que respeita às economias dos Estados-membros, os maiores crescimentos face ao primeiro trimestre do ano foram registados na Roménia (1,5%), na Hungria (1,0%), na República Checa, na Polónia e na Eslováquia (0,9% cada), tendo os PIB permanecido estáveis em França, em Itália e na Finlândia.

Na comparação homóloga, a Roménia (5,9%), a Eslováquia (3,7%), a Espanha (3,2%) e a Suécia (3,1%) registaram as maiores subidas no PIB, tendo a única diminuição sido assinalada na Grécia (-0,9%).

A economia portuguesa cresceu entre abril e junho 0,9% na comparação homóloga e 0,3% face ao trimestre anterior.

O boletim hoje divulgado pelo gabinete oficial de estatísticas da UE confirma as estimativas avançadas em julho para os PIB da zona euro e do conjunto dos Estados-membros.

Lusa

  • BCE diz que economia da zona euro deve crescer 1,6% em 2016
    1:13

    Economia

    Na reunião do Conselho de Governadores do BCE que decorreu hoje, Mário Draghi estimou ainda que o PIB aumente 1,7% em 2017 e 208. O presidente do BCE defendeu que os países devem concentrar-se na aplicação das reformas estruturais e tomar medidas para aumentar a produtividade. Mario Draghi sublinha que é sobretudo o consumo interno que está a promover a recuperação económica, ao contrário das exportações que continuam em queda.

  • Coreia do Norte lança novo míssil balístico

    Mundo

    O Pentágono detetou esta sexta-feira mais um lançamento de um míssil balístico por parte da Coreia do Norte. O primeiro-ministro japonês já confirmou o lançamento, que terá atingido a zona económica exclusiva, no Mar do Japão.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.