sicnot

Perfil

Economia

Costa viaja para Atenas em preparação da cimeira informal dos estados-membros da UE

© Reuters

O primeiro-ministro, António Costa, estará na sexta-feira na capital da Grécia para uma cimeira de líderes dos países do sul da União Europeia (UE), que prepararão a cimeira informal dos estados-membros da UE marcada para a próxima semana.

A reunião, promovida por Atenas, contará, para além do primeiro-ministro helénico, Alexis Tsipras, e do seu homólogo português, com os chefes dos executivos de Chipre, França, Itália e Malta.

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, foi também convidado para a cimeira mas não marcará presença porque com o executivo espanhol em gestão a agenda internacional do chefe do Governo limita-se a cimeiras imprescindíveis. Estará presente, contudo, na reunião europeia informal de 16 de setembro em Bratislava (Eslováquia), encontro no qual o Reino Unido não irá participar e em que será debatido o futuro da União após o Brexit.

O plano de Tsipras para a reunião de sexta-feira passa por abordar com os seus parceiros mediterrânicos os desafios que a UE enfrenta nos planos económico, político e institucional, e procurar uma posição conjunta face aos diversos desafios.

Fontes do executivo helénico explicaram já que o encontro pretende também abordar a capacidade dos países do sul da Europa de influenciar a agenda europeia em questões como a defesa do acervo social europeu, o desenvolvimento económico e a crise de refugiados.

No começo do mês, António Costa revelou ao Público que levará a Atenas a ideia de se apoiar o "investimento na regeneração urbana contra o terrorismo", ao nível europeu, considerando o chefe do Governo, em declarações ao jornal, que "as pessoas estão preocupadas com o terrorismo, mas não veem qualquer imagem de coordenação das instituições e dos governos europeus, nomeadamente em relação aos refugiados".

A reunião dos chefes de Governo decorrerá na sexta-feira entre as 13:00 e as 16:30 de Atenas, mais duas que em Lisboa.

O desemprego jovem, as relações europeias com vários países (inclusive do norte de África), e políticas dedicadas ao "crescimento e investimento" económico irão marcar também a conversa dos líderes do sul da Europa, precisou fonte do gabinete de António Costa.

No domingo, Costa participa em Berlim num jantar a convite da chanceler alemã, Angela Merkel, naquele que será o terceiro encontro entre os dois desde que Costa é primeiro-ministro.

Fonte do Governo disse à agência Lusa que as iniciativas de Atenas e Berlim são dois dos principais encontros de carácter político da agenda europeia de António Costa e que servem de preparação para a reunião informal de Bratislava (Eslováquia) no próximo dia 16.

Quem também estará na capital grega mas já na quinta-feira, é a vice-presidente do PSD Maria Luís Albuquerque, que foi convidada pelo partido grego Nova Democracia para transmitir a sua experiência enquanto ex-ministra das Finanças.

Maria Luís é uma das oradoras da conferência "Melhores práticas europeias: uma força motriz para a Grécia" e abordará a "recuperação económica de Portugal", respondendo também a questões de vários dos presentes. A sessão arranca com a intervenção do líder da Nova Democracia, Kyriakos Mitsotakis, que recentemente esteve na Universidade de Verão do PSD.

Lusa

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.