sicnot

Perfil

Economia

PAN propõe mobilidade elétrica nas frotas públicas e bebidas vegetais nas escolas

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) anunciou esta quarta-feira que esteve reunido no terça com o Governo sobre o Orçamento do Estado (OE), onde pediu abertura para a mobilidade elétrica nas frotas públicas e a inclusão de bebidas vegetais nas escolas.

Em nota enviada à imprensa, o PAN revela que se reuniu na terça-feira com o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, sobre as "negociações" em torno do OE para 2017.

A mobilidade elétrica "para todas as frotas públicas", reclamada pelo PAN, "visa um compromisso por parte do Estado, já a partir de 2017 e ao longo dos próximos anos, ao garantir que a renovação das frotas de transportes pesados de passageiros e automóveis ligeiros se efetue através da aquisição de veículos elétricos", nota o partido.

E concretiza: "A definição de metas, seja temporal ou em número de veículos, ainda está em análise. Esta opção revela um exemplo de consciência ambiental que o Estado dá aos cidadãos", vinca o PAN.

No que se refere à distribuição de bebidas vegetais, conhecidas como leite vegetal, nas escolas, "e atendendo a que o regime jurídico aplicável à atribuição e ao funcionamento dos apoios no âmbito da ação social escolar, já prevê a distribuição gratuita de leite nas escolas", o PAN diz que esta "opção poderá acompanhar a necessidade de muitos pais e crianças que, por motivos de saúde, éticos e ambientais, não consomem leite de vaca".

"Para o PAN é essencial garantir uma alternativa saudável e nutritiva a estas crianças. Esta é também uma medida inclusiva que pretende reconhecer todas as opções", frisa a força política que elegeu um deputado nas legislativas do ano passado.

Lusa

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06