sicnot

Perfil

Economia

PAN propõe mobilidade elétrica nas frotas públicas e bebidas vegetais nas escolas

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) anunciou esta quarta-feira que esteve reunido no terça com o Governo sobre o Orçamento do Estado (OE), onde pediu abertura para a mobilidade elétrica nas frotas públicas e a inclusão de bebidas vegetais nas escolas.

Em nota enviada à imprensa, o PAN revela que se reuniu na terça-feira com o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, sobre as "negociações" em torno do OE para 2017.

A mobilidade elétrica "para todas as frotas públicas", reclamada pelo PAN, "visa um compromisso por parte do Estado, já a partir de 2017 e ao longo dos próximos anos, ao garantir que a renovação das frotas de transportes pesados de passageiros e automóveis ligeiros se efetue através da aquisição de veículos elétricos", nota o partido.

E concretiza: "A definição de metas, seja temporal ou em número de veículos, ainda está em análise. Esta opção revela um exemplo de consciência ambiental que o Estado dá aos cidadãos", vinca o PAN.

No que se refere à distribuição de bebidas vegetais, conhecidas como leite vegetal, nas escolas, "e atendendo a que o regime jurídico aplicável à atribuição e ao funcionamento dos apoios no âmbito da ação social escolar, já prevê a distribuição gratuita de leite nas escolas", o PAN diz que esta "opção poderá acompanhar a necessidade de muitos pais e crianças que, por motivos de saúde, éticos e ambientais, não consomem leite de vaca".

"Para o PAN é essencial garantir uma alternativa saudável e nutritiva a estas crianças. Esta é também uma medida inclusiva que pretende reconhecer todas as opções", frisa a força política que elegeu um deputado nas legislativas do ano passado.

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.