sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida portuguesa a subir a 2, 5 e 10 anos, próximos dos máximos de abril

Os juros da dívida portuguesa estavam esta manhã a subir a 2, 5 e 10 anos alinhados com os de Itália, Espanha, Irlanda e Grécia. Os juros da dívida de Portugal atingiram os máximos nestes prazos a 12 de abril. Hoje aproximaram-se desses valores. As principais bolsas europeias abriram em forte baixa com os investidores a temerem uma subida dos juros nos Estados Unidos.

Cerca das 8:40 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a 10 anos estavam a subir para 3,227%, contra 3,148% na sexta-feira e 2,679% em 15 de agosto, um mínimo dos últimos seis meses. Nos últimos seis meses, o máximo dos juros neste prazo, de 3,432%, foi registado em 12 de abril.

No prazo de cinco anos, os juros também estavam a avançar, para 1,907%, contra 1,872% na sexta-feira e depois de terem descido até aos 1,543% em 15 de agosto, também um mínimo dos últimos seis meses. O máximo dos últimos seis meses, de 2,289%, foi registado em 12 de abril.

Com a mesma tendência, os juros a dois anos estavam a subir, para 0,490%, contra 0,482% na sexta-feira e 0,349% em 12 de agosto, um mínimo dos últimos seis meses, e depois de terem subido até 0,892% em 12 de abril.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 8:40:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

12/09......0,490.....1,907....3,227

09/09......0,482.....1,872....3,148

Grécia

12/09......n disp....n disp...8,210

09/09......n disp....n disp...8,208

Irlanda

12/09.....-0,354....n disp....0,505

09/09.....-0,369....n disp....0,461

Itália

12/09.....-0,061....0,331.....1,296

09/09.....-0,080....0,299.....1,247

Espanha

12/09.....-0,116.....0,331....1,296

09/09.....-0,136.....0,193....1,079

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • Reservas de viagens na Páscoa e no verão aumentaram
    1:19

    Economia

    As reservas de viagens no período da Páscoa e do verão aumentaram este ano, tanto para o estrangeiro como para dentro de Portugal. O Algarve, a Madeira e os Açores continuam a ser os destinos de eleição. Os portugueses estão também a marcar férias com mais antecedência, uma das receitas para conseguir melhores preços.

  • Escada rolante inverte sentido e varre dezenas de pessoas
    1:15
  • Sol influencia alterações climáticas na Terra

    Mundo

    As flutuações da atividade solar têm um efeito sobre o clima da Terra, concluiu um estudo de investigadores suíços, que conseguiu, pela primeira vez, estimar a influência do Sol no aquecimento do planeta.