sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida portuguesa a subir a 2, 5 e 10 anos, próximos dos máximos de abril

Os juros da dívida portuguesa estavam esta manhã a subir a 2, 5 e 10 anos alinhados com os de Itália, Espanha, Irlanda e Grécia. Os juros da dívida de Portugal atingiram os máximos nestes prazos a 12 de abril. Hoje aproximaram-se desses valores. As principais bolsas europeias abriram em forte baixa com os investidores a temerem uma subida dos juros nos Estados Unidos.

Cerca das 8:40 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a 10 anos estavam a subir para 3,227%, contra 3,148% na sexta-feira e 2,679% em 15 de agosto, um mínimo dos últimos seis meses. Nos últimos seis meses, o máximo dos juros neste prazo, de 3,432%, foi registado em 12 de abril.

No prazo de cinco anos, os juros também estavam a avançar, para 1,907%, contra 1,872% na sexta-feira e depois de terem descido até aos 1,543% em 15 de agosto, também um mínimo dos últimos seis meses. O máximo dos últimos seis meses, de 2,289%, foi registado em 12 de abril.

Com a mesma tendência, os juros a dois anos estavam a subir, para 0,490%, contra 0,482% na sexta-feira e 0,349% em 12 de agosto, um mínimo dos últimos seis meses, e depois de terem subido até 0,892% em 12 de abril.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 8:40:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

12/09......0,490.....1,907....3,227

09/09......0,482.....1,872....3,148

Grécia

12/09......n disp....n disp...8,210

09/09......n disp....n disp...8,208

Irlanda

12/09.....-0,354....n disp....0,505

09/09.....-0,369....n disp....0,461

Itália

12/09.....-0,061....0,331.....1,296

09/09.....-0,080....0,299.....1,247

Espanha

12/09.....-0,116.....0,331....1,296

09/09.....-0,136.....0,193....1,079

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • Turistas chegam a esperar 2 horas no controlo de passaporte do Aeroporto de Lisboa
    2:35

    País

    Chegar ao Aeroporto de Lisboa pode ser uma dor de cabeça para centenas de passageiros. A espera para o controlo de passaporte chegou a ultrapassar as duas horas nos meses de fevereiro e março. Manuela Niza, do Sindicato dos Funcionários do Serviços de Estrangeiros e Fronteiras, diz que têm sido contratados inspetores que depois são desviados para outros serviços.

  • Hasta pública de madeira ardida rendeu 2,85 milhões de euros

    País

    Mais de meia centena de lotes de madeira ardida proveniente de matas nacionais e perímetros florestais geridos pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) foram esta quinta-feira vendidos por 2,85 milhões de euros, numa hasta pública em Viseu.

  • "Dinheiro gasto em contentores dava para construir outro hospital" no Porto
    1:40

    País

    A bastonária dos Enfermeiros pede uma investigação aos contratos de contentores no Hospital de São João, no Porto. Ana Rita Cavaco diz que os "milhares de euros" já gastos na contratação e manutenção dos contentores da Pediatria e outros serviços do centro Hospitalar de São João davam para construir um novo hospital. E levanta ainda a suspeita sobre a empresa contratada.