sicnot

Perfil

Economia

Comissão de Proteção de Dados insiste que acesso do fisco a contas é excessivo

A Comissão Nacional de Protecção de Dados insiste que o acesso do fisco aos saldos bancários dos contribuintes é excessivo e desproporcional.

Apesar de o Governo ter definido um teto mínimo de 50 mil euros, a Comissão reprova o diploma aprovado pelo Governo em Conselho Ministros, na semana passada.

Em resposta ao Observador, a Comissão de Proteção de Dados, que já tinha apontado inconstitucionalidades à versão inicial do diploma, diz que não foi ouvida pelo Ministério das Finanças antes de o decreto-lei ser aprovado.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08