sicnot

Perfil

Economia

Empréstimos a particulares para habitação voltam a cair em julho

Os empréstimos concedidos pelos bancos a particulares com o destino habitação continuaram a cair em julho (-2,9%) em termos homólogos, assim como os concedidos a sociedades não financeiras (-2,2%), segundo dados divulgados esta terça-feira pelo Banco de Portugal (BdP).

Em junho, as taxas de variação anual (tva) destes empréstimos já haviam sido negativas em 3,0% e 2,5%, respetivamente.

Os depósitos de particulares nos bancos residentes, por sua vez, aumentaram em julho, 2.031 milhões de euros, totalizando 142,8 mil milhões de euros no final do mês.

"Este acréscimo refletiu-se numa tva de 3,6%, valor idêntico ao observado para a área do euro", nota o BdP.

O BdP divulgou também esta terça-feira que, em julho, a taxa de juro média dos novos empréstimos concedidos a sociedades não financeiras foi de 3,14%, 20 pontos base superior à do mês anterior.

Segundo refere, a subida das taxas de juro registou-se quer nas operações de montante superior a um milhão de euros quer nas de valor inferior, com as taxas de juro médias a passarem, respetivamente, de 2,35% para 2,69% e de 3,33% para 3,45%.

Nas novas operações de crédito concedidas a particulares, as taxas de juro médias para as finalidades de habitação e consumo foram de 1,94% e 7,50%, respetivamente, enquanto o valor da taxa de juro média do crédito para outros fins foi de 3,80%.

De acordo com o BdP, os volumes de novas operações para as finalidades de habitação e consumo ascenderam a 485 milhões de euros e 299 milhões de euros, respetivamente.

Em julho de 2016, a taxa de juro média dos novos depósitos até um ano de sociedades não financeiras fixou-se em 0,19% (0,18% em junho), sendo que no caso dos particulares o valor médio da taxa de juro de novos depósitos até um ano foi de 0,37% (0,40% em junho), o que corresponde a um novo mínimo da série.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.