sicnot

Perfil

Economia

Maioria dos bancos fechados na Rússia lavava dinheiro

A grande maioria dos 279 bancos da Rússia que foram fechados nos últimos três anos pelas autoridades fazia lavagem de dinheiro, disse esta terça-feira a presidente do banco central russo, Elvira Nabiullina.

Salientando o progresso que tem sido alcançado no país no combate às ligações entre o setor financeiro e o crime organizado, Nabiullina lembrou que o banco central tem feito vistorias aos principais bancos do país e acelerou as inspeções desde a crise cambial de 2014 e a recessão económica daí resultante, tentando fechar os piores e mais probemáticos bancos.

No final de uma reunião com o Presidente russo, Vladimir Putin, a banqueira central disse, citada pela AFP, que foram fechados 279 bancos nos últimos três anos, incluindo 68 já este ano, permanecendo ainda em funcionamento 650 bancos no país.

"Em 70% dos casos de bancos que fecharam nos últimos três anos, isso aconteceu devido ao não cumprimento da lei contra a lavagem de dinheiro e rendas ilegais", apontou.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47