sicnot

Perfil

Economia

Londres dá luz verde a projeto de central nuclear da francesa EDF

O governo britânico informou esta quinta-feira ter aprovado condicionalmente o controverso projeto da central nuclear de Hinkley Point, que vai ser operada pela francesa EDF, com o apoio de uma empresa chinesa.

"Decidimos construir a primeira central nuclear uma geração depois", explicou o ministro das Empresas e Energia, Greg Clark, em comunicado, indicando que medidas adicionais vão ser introduzidas no projeto inicial para permitir "melhorar a segurança".

A central de Hinkley Point, com dois reatores, vai ser a primeira a ser construída no Reino Unido desde 1995 e a primeira em todo o mundo desde o acidente nuclear de Fukushima, no Japão, em 2011.

O projeto de 21,2 mil milhões de euros é apoiado pelo Estado francês, que detém 85% da EDF e vê o projeto como crucial para a viabilidade da indústria nuclear da França a longo prazo.

A China tem uma fatia de um terço em Hinkley Point, tendo analistas advertido o Reino Unido que arriscava a sua relação com a segunda economia mundial caso cancelasse o projeto.

Os reatores vão cobrir até 7% das necessidades energéticas do Reino Unido, ajudando, em paralelo, o governo a alcançar as suas metas no domínio da emissão de gases poluentes para combater as alterações climáticas.

Lusa

  • Sismo registado esta manhã na região de Lisboa

    País

    Um sismo foi sentido esta manhã na região da Grande Lisboa. O abalo foi registado às 7h44, com epicentro em Sobral de Monte Agraço e magnitude de 4.3, informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

    Em atualização

  • GNR resgata 45 sírios no mar Egeu
    2:28

    Crise Migratória na Europa

    A Guarda Nacional Republicana já resgatou quase 300 migrantes no mar Egeu, ao largo da Grécia, desde o início de maio. Esta quarta-feira de madrugada, os militares salvaram 45 sírios que tentavam chegar à Grécia numa embarcação de borracha.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.