sicnot

Perfil

Economia

Recorde da produção nas centrais a gás mostra importância de investir

Um novo recorde na produção de eletricidade a partir de gás natural mostra que as infraestruturas têm que estar dimensionadas acima do consumo médio, para garantir abastecimento do consumo de ponta, defendeu esta sexta-feira a REN.

Em comunicado, a REN anunciou hoje o recorde de 3.344 MW na produção de eletricidade a partir de gás natural, com todos os grupos das centrais elétricas na rede, alcançado a 06 setembro, reflexo da vaga de calor registada no início de setembro, coincidente com a forte exportação de energia.

A empresa liderada por Rodrigo Costa considera que "este registo vem demonstrar o papel essencial das infraestruturas nacionais de gás natural na garantia de abastecimento dos consumos, e do setor elétrico em particular".

"As infraestruturas são por esta razão dimensionadas para garantir não só o consumo médio como também na perspetiva da segurança de abastecimento do consumo de ponta, como foi o caso", acrescenta na mesma nota a REN.

A REN, através da REN Gasodutos, detém a concessão para o transporte de gás natural em alta pressão, que inclui a gestão técnica global do Sistema Nacional de Gás Natural.

Já nos últimos meses, o segmento de produção de eletricidade a partir de gás (fonte não renovável) tem apresentado uma variação homóloga positiva e, em setembro, as afluências reduzidas nas hídricas também contribuiu para o recurso a esta alternativa.

O anterior máximo da produção elétrica em centrais a gás era de 3.176 MW e foi registado em março de 2011.

Já em março, o presidente executivo da REN, Rodrigo Costa, defendeu que a empresa tem que investir nas redes de transporte de eletricidade e de gás natural para dar resposta a um cenário de aumento da procura, depois de pareceres do regulador do setor recomendarem mais prudência nos investimentos a realizar nos próximos anos para não onerar os consumidores.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Défice recua em 2016 na zona euro e na UE

    Economia

    O défice e a dívida baixaram na zona euro e na União Europeia (UE) em 2016 face a 2015, tendo Portugal registado a terceira maior dívida (130,4%) entre os Estados-membros e um défice de 2%, segundo o Eurostat.

  • Incêndio na Amadora deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação na Buraca, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa