sicnot

Perfil

Economia

Recorde da produção nas centrais a gás mostra importância de investir

Um novo recorde na produção de eletricidade a partir de gás natural mostra que as infraestruturas têm que estar dimensionadas acima do consumo médio, para garantir abastecimento do consumo de ponta, defendeu esta sexta-feira a REN.

Em comunicado, a REN anunciou hoje o recorde de 3.344 MW na produção de eletricidade a partir de gás natural, com todos os grupos das centrais elétricas na rede, alcançado a 06 setembro, reflexo da vaga de calor registada no início de setembro, coincidente com a forte exportação de energia.

A empresa liderada por Rodrigo Costa considera que "este registo vem demonstrar o papel essencial das infraestruturas nacionais de gás natural na garantia de abastecimento dos consumos, e do setor elétrico em particular".

"As infraestruturas são por esta razão dimensionadas para garantir não só o consumo médio como também na perspetiva da segurança de abastecimento do consumo de ponta, como foi o caso", acrescenta na mesma nota a REN.

A REN, através da REN Gasodutos, detém a concessão para o transporte de gás natural em alta pressão, que inclui a gestão técnica global do Sistema Nacional de Gás Natural.

Já nos últimos meses, o segmento de produção de eletricidade a partir de gás (fonte não renovável) tem apresentado uma variação homóloga positiva e, em setembro, as afluências reduzidas nas hídricas também contribuiu para o recurso a esta alternativa.

O anterior máximo da produção elétrica em centrais a gás era de 3.176 MW e foi registado em março de 2011.

Já em março, o presidente executivo da REN, Rodrigo Costa, defendeu que a empresa tem que investir nas redes de transporte de eletricidade e de gás natural para dar resposta a um cenário de aumento da procura, depois de pareceres do regulador do setor recomendarem mais prudência nos investimentos a realizar nos próximos anos para não onerar os consumidores.

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.