sicnot

Perfil

Economia

Confiança dos consumidores piora em agosto mas clima económico melhora

O indicador de confiança dos consumidores piorou em agosto pelo quarto mês consecutivo e o clima económico melhorou em julho e agosto, segundo dados esta segunda-feira divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o INE, o indicador de confiança dos consumidores (calculado através de inquéritos a particulares) piorou em agosto, alcançando os -13,3 pontos (11,9 pontos em maio, -12,6 pontos em junho e -13,0 pontos em julho).

"O indicador quantitativo do consumo privado desacelerou entre maio e julho, refletindo, em larga medida, o crescimento menos expressivo do consumo duradouro no último mês", refere o INE.

O indicador de clima económico (calculado através de inquéritos a empresas de vários setores de atividade), por sua vez, melhorou em agosto para os 1,4 pontos (1,3 pontos em julho e 1,2 pontos em junho).

O indicador de atividade económica, por sua vez, diminuiu entre junho e julho (dos 1,8 pontos para os 1,5 pontos).

O indicador de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) diminuiu em julho, "em resultado do contributo mais negativo da componente de construção e do contributo menos positivo da componente de material de transporte", acrescenta o INE.

Os indicadores de confiança do INE são calculados através de médias móveis de três meses dos saldos de respostas extremas a inquéritos. Um número negativo significa que houve mais respostas pessimistas do que otimistas.

Lusa

  • Coreia do Norte foi "isolada à força"

    Mundo

    O empresário espanhol León Smit, que organiza visitas à Coreia do Norte, diz que o país foi "isolado à força", sendo "muito difícil" estabelecer relações comerciais com Pyongyang, sob o regime de Kim Jong-un.

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite