sicnot

Perfil

Economia

TAP promete discutir com trabalhadores novas medidas de viabilidade

A TAP prometeu esta segunda-feira discutir com os trabalhadores novas medidas que sejam equacionadas para melhorar a viabilidade da companhia aérea, garantindo que "nenhum caminho" do programa de poupança proposto pela consultora Boston Consulting foi ainda aprovado.

Num esclarecimento enviado aos trabalhadores lê-se que "outras ideias e projetos, no âmbito do programa de modernização e transformação da TAP, serão amplamente discutidos com os colaboradores e estruturas representativas, para que, em conjunto, se encontrem soluções de melhoria do serviço para os passageiros, contribuindo para a sustentabilidade e viabilidade da empresa".

No projeto "Transformar a TAP numa companhia aérea mais eficiente", a que a Lusa teve acesso, a Boston Consulting Group defende que a empresa deve pôr em marcha um "programa ambicioso" para poupar entre 150 a 200 milhões de euros até 2020, identificando vários caminhos para a companhia aérea nacional ser mais competitiva.

A consultora considera que os custos da TAP estão numa boa posição quando comparados com as companhias de bandeira, mas precisa de ser mais eficiente para competir com as de baixo custo (low cost).

Hoje, a administração da companhia refere a necessidade de "continuar este esforço de transformação da TAP e de melhoria da sua eficiência" para sobreviver "num mercado cada vez mais competitivo".

"O estudo referido pela imprensa é um documento exploratório inicial comparativo da TAP com o mercado; nenhum caminho ou ideia foi ainda aprovado. Tratando-se de um estudo comparativo são levantadas hipóteses, algumas sem aplicabilidade na realidade da TAP", lê-se no esclarecimento aos trabalhadores.

Em julho, o presidente do Conselho de Administração da TAP, Fernando Pinto, tinha informado os trabalhadores de que a consultora Boston Consulting Group tinha sido selecionada, através de um concurso internacional, "para identificar as boas práticas internacionais que servirão à TAP de referência, em particular no que diz respeito à eficácia, eficiência e agilidade operacionais".

Um mês depois, o primeiro diagnóstico aponta as "oportunidades" para reduzir os custos da transportadora, sendo que um terço da poupança, entre 50 e 70 milhões de euros, é alcançado na categoria dos pilotos e tripulantes, com a renegociação de acordos de empresa e o ajustamento do número de assistentes de bordo ao mínimo exigido por voo.

A segunda maior poupança proposta pela consultora, num valor entre os 40 e os 65 milhões de euros, resultaria de cortes nos serviços aos passageiros, como por exemplo no catering (refeições a bordo) e poupanças na área comercial, com a renegociação de taxas e incremento das vendas diretas.

Na análise da consultora também o negócio da Manutenção e Engenharia pode ser mais competitivo do que é, pondo a hipótese de uma maior externalização de serviços, o que permitiria poupanças entre os 20 e os 30 milhões de euros.

Ao nível do handling (serviços de assistência em terra), a Boston Consulting consegue uma redução de 10 a 20 milhões de euros até 2020 através da renegociação do contrato com a Groundforce e reforço do self service sobretudo no check-in.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • O edifício mais longo do mundo

    Mundo

    Se pensa que já viu tudo em relação aos edifícios mais longos e complexos do mundo, pense duas vezes. O edifício mais longo do mundo pode estar prestes a chegar e promete fazer de Nova Iorque uma cidade ainda mais atrativa.